31/05/2017

Crónica de Genebra



Nelson Fernandes 
« José Ramos HORTA ».

     Venho aqui, num primeiro momento, dizer um BRAVO ao Joaquim JORGE, por trazer ao CdP semelhante Personagem como o José Ramos Horta, a quem tive a Especial Honra de ser apresentado  e conhecer. Tinha-o visto uma vez, aquando da Sua luta pela Independência do MARAVILHOSO PAÍS do SÂNDALO, no Consulado Português em Genebra.
« «Et dire que, Les Dieux de l’Orient partent pour le Paradis, embaumées par le parfum de la fumée du Sandale…! » »
     Mas a Riqueza de um Homem como J.R.HORTA, não se resume à luta pela Independência da Leira aonde nasceu. J.R.HORTA é um lutador de todas as lutas e de todas as leiras...!
     É bem por isso que recebeu o Prémio Nobel. Nunca mais esquecerei o momento a seguir a terem-nos feito uma foto juntos e que Lhe perguntei se podia publicar !!!
     J.R.HORTA respondeu-me: desde que seja para bem de Portugal publique quantas vezes quiser...!!!
     Trago hoje aqui, Uma dupla saudação e um obrigado pela presença no CdP, ao J.R.HORTA, uma da minha parte e outra da parte de um Amigo meu, também conhecido do J.R. HORTA, ( de quem não estou autorizado a citar o nome), que foi personagem da Cruz Vermelha SUÍÇA, encarregado de ir visitar Xanana GUSMÃO, na prisão em Jacarta. Ainda há dias estive em Genebra em casa do meu Amigo com uma prenda na mão, que o Xanana GUSMÃO executou enquanto prisioneiro e ofereceu ao meu Amigo.
Caríssimo José Ramos HORTA.
As nossas humildes saudações, minhas e do meu amigo!

Sem comentários:

Enviar um comentário