21/02/2016

Um caso de...política!




Isabel Coutinho
Não me tenho dedicado muito a "desabafos" do foro politico, já há algum tempo.
Sem pachorra, foi a forma de identificar este meu sentimento e alienar-me  em escrever sobre o tema, porque cheguei a uma fase em que tinha mais satisfação "vomitar" palavrões do que escrever numa linguagem contida e letrada, mesmo que não paute pelo politicamente correcto.
Mas hoje, 20 de Fevereiro, ao assistir a um programa, num canal cabo, em que um dos intervenientes era Manuel Monteiro, assisti com interesse ao que estava a ser falado. Manuel Monteiro (um conservador) expressava a sua estupefacção e que deveras ficou atónico com os dados que lhe chegaram a conhecimento.
Também eu, ainda não sei se acredite, quem quiser que confirme, apenas assisti a um programa na TV.
Os dados são os seguintes:
68,4% da população portuguesa ganham até 7.000 euros/ano
7% ganha até 2.000 euros (ilíquidos)/mês - os quais foram classificados por "privilegiados" pelo Ministro das Finanças  e que o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, definiu um patamar entre os 900 e os 1.100 euros para classificar a classe média.
Ou seja, as medidas sejam elas quais forem, impostas por OE ou pelo BCE, vão incidir sobre os mesmo, os 7% !!
E sabem por que não vai haver reclamações e quem vier a seguir que apanhe os estragos ? Os 7%, claro. Porque representam apenas 7%.
Os 68,4% nada mais podem tirar, a dignidade já a levaram.
Mais, disse-o Manuel Monteiro, o povo anda a dormir, anestesiado com futebol e espectáculos de diversão, é preciso que acorde.

Sempre disposta
(bem ou mal)
Isabel Coutinho

1 comentário:

  1. Olá Isabel

    É realmente como dizes; mas..., eles sabem que para uma grande parte das pessoas, basta dizer-lhes que a austeridade acabou e que vão ter mais dinheiro no bolso, que nem se dão ao trabalho de fazer contas! Nem que no final do mês nada lhes sobre e que poderão receber apenas mais 50 cent , o que conta é o que eles dizem. Ainda mais porque continuam achando, que sendo o PS dizendo, é verdade!!Porque os socialistas é que gostam de "dar" e os malvados da direita é que tiram. E viva a ignorância!

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar