17/01/2016

Crónica de Genebra



Nelson Fernandes 
Fui à « LOTA » para escolher um Presidente.
     As traineiras chegavam, mas pela cara dos pescadores, a pescaria tinha sido fraca. Lá me fui, à medida que acostavam, aproximando para ver o “peixe” saltar. Pena perdida. Dava a impressão que os pescadores se tinham perdido no Alto Mar e o pescado já datava de vários dias. Ainda vi alguns “peixes” abrirem a boca, mas para meu espanto, era para dar o último suspiro. Ficavam ali de boca aberta.
     E eu que fui à procura de um peixe específico e único, fiquei desiludido. E os pescadores à falta de melhor, embarcaram tudo o que veio à rede. Peixe, aranha, peixe voador ...! Pensei ver douradas, eram piranhas, pensei ver safias eram enguias elétricas, pensei ver chocos eram alforrecas, tubarões e golfinhos, taínhas, mas de peixe “Nobre”, salmonelas, douradas, robalos, garoupas, cação, atum, ...! Nem um ...!
     Ainda pensei, compro aqui um pouco de cada e talvez consiga fazer uma boa caldeirada, mas reflecti e logo desisti.
     Caldeirada é quando é para “votar” para o governo. Aqui, para esta refeição apenas se pode comer um “peixe”. Assim e como pelos meus cálculos vamos comer sopa, como entrada, comprei “camarão” para fazer um creme de marisco. Para prato principal estou a pensar comprar uma muito bonita raia, para comer frita guarnecida com um suculento arroz de tomate e salada.
     Caros Compatriotas, não deixem de ir todos Votar. Eu lá estarei a faze-lo no Consulado em Genebra.
     Contudo não deixo de  dizer que o Presidencialismo Republicano em Portugal, está ultrapassado. Portugal deve voltar a ter à Cabeça um Rei.
     Basta passar em revista o nível de vida e estabilidade das Monarquias Europeias e compará-las com as Repúblicas, para lá da Portuguesa, bem entendido ...!
A Ordem ... versus ... A Bagunça.

1 comentário:

  1. Vamos lá pró Reinado!!
    Dificilmente, qualquer outro regime, dito democrático..., será pior do que temos.

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar