02/09/2015

UMA EUROPA, SEM LÍDERES FORTES, ESTÁ TRANSFORMADA NUM NABAL...



Hercília Oliveira 

Este grave caso dos "refugiados", mostra  bem o quanto este continente europeu, está frágil e sem rumo. E isso, é o que mais me amedronta.
É como um grande navio, que navega por mar com grande tempestade, e que não tem quem o comande.
A quantidade de gente que tem invadido e vai continuar invadindo a Europa, é assustador.
E é mais assustador, porque a Europa dizem alguns, "não está preparada ". Pois não...! E algum país, ou continente do tamanho da Europa, estaria  preparado para uma invasão destas ! Claro que não.
Mas o grave da situação, é não ter a Europa, líderes com capacidade e coragem para tomar as medidas urgentes e necessárias.
Não sou eu que as vou inventar; mas o que sei..., é que o problema tem que ser tratado e estancado na origem, e não quando chega ao destino.
E para isso, existem os líderes eleitos e bem pagos, para resolver este grave problema; e não o estão fazendo.
Uns por incapacidade, e outros por falta de coragem para enfrentar as vozes que logo se levantarão, sempre com a capa de mais humanos que ninguém!
É que, quanto a mim, o problema é bem mais sério do que gente que quer fugir à guerra.
Acho até, que uma grande maioria são pessoas que vêm desta forma, uma oportunidade de vir para o "El Dourado Europeu", e não só!
Tenho assistido, a muitos que dizem isso mesmo; e não lhes serve um qualquer país...! Não..., querem a "maldita" Alemanha, França ou Reino Unido!
Ora, um refugiado, aceita o que lhes dão, e agradece.
São portanto Imigrantes, e difíceis de contentar!!
Ainda há bem pouco tempo. um grupo de "refugiados", sírios na Macedónia  rejeitou receber víveres,  por estarem embalados em caixas  da Cruz Vermelha internacional.
E há europeus, que com a "solidariedade" do costume, já querem que se lhes dê: casa, comida,e subsídios!? Ora, uma boa medida para incentivar outros milhares a "emigrar":
A Europa está sendo literalmente  invadida, e em pouco tempo ( e muito sinceramente..., espero estar enganada., e perder toda a razão...), vai estar com um problema tão grave..., que receio bem, vir a ser tarde demais...!
Londres, está completamente dominada. E Paris, tem lugares onde já não se pode entrar;  onde 30% são islâmicos...!
Agora pergunto eu: porque tem a Europa de ser "solidária" com todas estas situações!? Será que os países de onde chegam o seriam!?
Claro que não...! O "melhor" que nos aconteceria, era ficarmos sem cabeça!
Ainda hoje, já se viram manifestações de centenas de invasores, em que exigem solução, e com grande alarido.
Muito iguais aos que estamos habituados a ver nos seus países, e sempre com violência!
Diz-se já "por aí...", que a Líbia tem infiltrados no meio desta invasão os seus combatentes. Eu não me admira nada. Só me arrepio....
Começo a pensar, se não estão os países de origem, proporcionando  tudo isto, para  que se  realize a tão  falada "Guerra  Silenciosa"  há muito  programada!
Cada vez acredito mais nesta teoria. E o que está acontecendo, é bem propício a que se torne realidade, e é ASSUSTADOR!
Não me admira nada, de que daqui por algum tempo, comecem exigindo mesquitas e que todas as mulheres usem burka.
E é sobretudo assustador..., quando assistimos a uma Europa dividida e inoperante, diante de um dos mais graves problemas que teve em mãos nestas últimas décadas.
Por este andar, quem emigra..., sou eu.

14 comentários:

  1. Visão generalista de uma situação dramática de milhares de pessoas, indica pormenores e pequenos exemplos de comportamentos para explicar a situação em geral. Será que imaginou por segundos se o seu "mundo" fosse literalmente destruído e sem qualquer tipo de futuro para si ou para a sua família ? Acha que é apenas a busca do "el dourado" que estes humanos têm em mente quando pagam enormes quantias para passar para o outro lado do Mediterrâneo ? Será que não vê as crianças ao colo e os milhares que morrem? Ou essa parte esquece e muda de canal ?
    A guerra nesses países foi financiada por quem? Quem sustentou anos a fio os ditadores da Líbia e Síria ? Quais foram os países que disseram que iam apoiar as "primaveras árabes"?
    O "el dourado" inglês , alemão e francês é exactamente o mesmo que os portugueses querem...os subsídios , habitação etc.
    Países destruídos , entregues a radicais ( patrocinados por alguém ) e a senhora afirma que estas pessoas apenas querem vir para beneficiar do el dourado e exterminar a nossa cultura?! Será que algum português quer ir viver para uma servia, Macedônia ou Bulgária ? Tem conhecimento de quantos refugiados são licenciados ???
    A sua visão deturpada é visível pelas suas palavras agressivas e radicais, demonstrando bem o Seu fanatismo sobre certos temas !
    Já houve 2 grandes guerras na Europa com milhares de refugiados, pode ser que um dia destes aconteça novamente e a senhora seja um dos milhares.

    " árabe igual a extremista " , " comunista, parasita" " gay, deficiente", lindos exemplos que apregoa nos seus textos.

    ResponderEliminar
  2. Sr Ricardo

    O meu texto, não trata, também..., esse lado horrível da tragédia que esses seres humanos estão passando; é evidente, que é trágico! É evidente, que as imagens com as crianças chocam qualquer um!
    Mas..., se fosse também a falar nesse drama, seria necessário um texto enorme, como é fácil entender.
    O que eu aqui explano, é porque o costume na sociedade e sobretudo na classe política..., é correr atrás do "prejuízo", e não a o evitar.. E pode crer..., que se eu infelizmente tiver razão no que prevejo..., a tragédia na Europa, será bem mais grave do que qualquer outra que até hoje teve em mãos.
    Quanto aos seus considerandos sobre as minhas opiniões, é o costume: O Sr, e outros que não se reveem nestas posições, não só comentam ou discordam, tendo o direito de o fazer..., logo tecem considerandos e juízos sobre o carácter da pessoa em causa. Mas..., isso não me tira o sono, pode crer; eu também, poderia fazer aqui alguns juízos de valor sobre a sua pessoa por aquilo que comenta, mas... não me apetece!

    Agora, vou perder um pouco de tempo, e com prazer..., para lhe dizer o seguinte:

    "ÁRABE IGUAL A EXTREMISTA"

    Quando o Sr ouve ou lê:" os portugueses são uns corruptos e invejosos..." , acha que faz parte deles!? Eu não... Dá pra entender...ou quer que lhe explique o que quero exemplificar!!?'
    E, como sabe..., ou se calhar tapa os ouvidos quando lhe convém..., quando os tais árabes entram em acção..., até as crianças deles matam sem dó nem piedade. Aliás..., já não se contentam só em matar os seus próprios povos, como ainda o têm feito na Europa. Ou já esqueceu as tragédias que têm feito? Tratar desta invasão como deve ser tratada, é também uma forma de nos defender e defender as "nossas" crianças, para que não tenham que passar por essa mesma situação. Entendeu...!?

    "COMUNISTA, PARASITA"

    Os exemplos que nos chegam dos países onde reinam e reinaram..., é isso mesmo que me fazem pensar. E como ainda posso pensar o que quero...Se tiver um bom exemplo para me dar...faça-o.

    "GAY, DEFICIENTE"

    Pois fique sabendo..., que se fosse isso o que eu penso, mereceriam da minha parte, todo o respeito...

    E, já agora..., porque não expor aqui os seus lindos exemplos em textos, para se colocar à disposição de quem comenta e não concorda!!?'
    Eu, como sabe..., ( já que diz o que diz sobre o que "penso"...) não tenho receio de críticas e são sempre bem vindas.
    Agora partir sempre só para o ataque e fazer juízos de valores sobre as pessoas, só porque não se concorda..., é oportunismo barato; e para isso já nos bastam os "ABUTRES".

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar
  3. A mim só me admira como o gestor deste blog publica tudo quanto esta srª manda para o ar. Fá-lo em nome da liberdade de expressão. Sim senhor ela pode exprimir-se e, da maneira como o faz, revela-se bem a si própria. Mas, praticamente, Hercília Oliveira é a escriba de serviço que, progressivamente, foi remetendo os leitores ao silêncio, sabendo eles que não vale a pena gastar cera com ruim defunto. Seria bem melhor que lhe fossem barradas certas intervenções, mas isso é só a minha opinião. Não dou conselhos a ninguém. De qualquer modo, este comentário também não vai ser publicado, seguindo a regra a meu respeito, a menos que haja uma excepção, mas neste caso há-de ser para malhar com o argumentário do costume.

    ResponderEliminar
  4. Tem toda a liberdade de escrever neste espaço o que bem entender...
    Há muita gente a escrever e a comentar . É mais cómodo só ler e não comentar assim não se expõem.
    Cada pessoa que aqui escreve é responsável por isso, assina, dá a cara.
    Obrigado

    ResponderEliminar
  5. A sra da Hercilia revela fortes sintomas psicoticos. Faz-lhe bem desabafar neste espaco e digamos, e' uma caridade deixa-la faze-lo. Assinado e identificado.

    ResponderEliminar
  6. Então agora como não agradam opiniões que não a gosto, "barram-se certas intervenções"? Mas que belo conceito de liberdade de expressão! Quem não gosta é fácil! Tem direito ao contraditório e expressa a sua opinião discordando. Apenas e só isso
    Neste País, cada vez mais a chamada democracia encapotada (não tens a minha opinião insulta-se e chamam-se nomes, ainda por cima soba capa do anonimato, sem se dar a cara). O facebook e os blogues são bem a imagem dessa pseudo-liberdade de opinião. E tudo é tão simples. Quando se discorda, dá-se a nossa opinião crítica mas sempre construtiva, nunca rebaixando quem quer que seja. É assim a verdadeira liberdade de expressão. Discorda-se, critica-se , constrói-se.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria como diz, se o tal contraditório de que fala, fosse publicado. Mas não é. Como não conhecem o autor e também não gostam do comentário, não o publicam. Pronto, tudo bem, têm esse direito. Sucede porém que em comentários com este nickname não se encontram insultos ou chamar nomes de qualquer espécie seja a quem for. Enviar o meu BI? Não, isso não me apetece.

      Eliminar
    2. Nós sabemos quem é . Neste mundo sabe-se tudo mesmo que nos queiramos esconder.
      Aliás temos um email em que se identifica diz o que faz e usa um nickname com receio de represálias no seu emprego.

      Plenamente no seu direito mas tem que reconhecer que neste trocadilho de comentários está em vantagem.

      Obrigado

      Eliminar
    3. O sr insiste sempre na mesma tónica. Não me quero identificar e não uso o nickname para ofender anonimamente ninguém (mas isso não me tira a responsabilidade de tudo o que digo, pois como o sr diz, e bem, não há nada que se não venha a saber). O sr é que não gosta dalguns comentários e como não conhece a minha identidade (ao contrário do que afirma) não publica. Dou-lhe de barato esse direito.

      Eliminar
    4. Meu caro eu só conheço quem quero . Não estou interessado em conhecê-lo.
      Neste espaço se me permite as regras sou eu que as defino e são bem claras e muita gente aprecia...

      Mas acho piada e registo para quem não se identifica com este espaço segue-o assiduamente. Um paradoxo mas...

      Eliminar
  7. A senhora não se focalize na minha pessoa, até porque não tenho tanta importância assim, devia era se focar em explicar de forma mais correta os seus textos .
    A decisão de escrever e publicar é sua, devia no mínimo ter mais cuidado e sensibilidade ao efetuá-lo, demonstrar a sua opinião mas essa não a cegar ao ponto de desvirtuar os temas escolhidos por si, bem como tentar expor as várias variantes que incluem esses temas e não deixar a tentação do generalizar assumir o contexto do texto.
    As expressões que escrevi são ideias suas, nao invente desculpas agora!! Embora não partilhe da ideia do comunismo por exemplo, conheço pessoas simpatizantes e até filiados deste partido português com boas ideias e trabalhadores, a tolerância e capacidade de interagir é o essencial.
    Como é óbvio não apoio extremistas , como também não apoio guerras financiadas por países desenvolvidos, envio de tropas para satisfazer caprichos e mentiras de políticos , mas o que não tolero mesmo e não se aceitar que muitos destes extremistas são recrutados aqui no ocidente, jovens que nunca tiveram contato com estes países e tiveram educação ocidental.
    Escrever textos e estar presente em debates não faz da senhora um exemplo, as suas ideias e palavras sim !! Tem uma pessoa exemplar que lhe permite explanar as suas convicções , talvez devesse ter um pouco mais de cuidado com a agressividade e radicalismo com que o faz.

    ResponderEliminar
  8. Olá Daniel!!

    Pois é..., como pode ver, está aqui bem demonstrado o que se passa com a maioria dos que se intitulam democratas, contra o que eles chamam de ditadura, quando Deus nos livre de os ter comandando em qualquer lugar que tivesse algum tipo de poder! Já me tinham eliminado há muito! Andam há anos nesta "batalha", e ao mesmo tempo dando este belo exemplo, e ainda acham que os democratas são eles...!
    É por isso que temos os governos e políticos que temos, e ao que estamos condenados. Não têm nem autoridade, para reclamar contra os governos e políticos, quando eles são o que aqui demonstram.
    Outro bom exemplo, é o que estão tentando fazer ao JJ, por ele dizer o que pensa e que não agrada aos que se sentem desmascarados. Afinal o "lápis azul" anda por aí...!
    Mas eu desculpo-os...! Uns são assim mesmo são o que são; outros, coitados..., dormem em "colchão" velho, e por isso, acordam sempre de mal com a vida. De tal forma..., que nem com a sua identidade se dão bem!!

    Hercília Oliveira

    Um abraço

    ResponderEliminar
  9. COMPLEMENTANDO....

    Há tempos, passou na TV um vídeo, em que o chefe do grupo islâmico dizia que iriam tomar toda a Europa. E chamando os europeus de estúpidos.
    Questionado de como iriam fazer isso, respondeu:

    "Enviando os nossos homens e mulheres para lá, fazendo filhos, porque os ocidentais são burros e calões. Não fazem filhos, só pensam em carreiras políticas; e assim os nossos homens vão lá fazer filhos; e não leva muito tempo a que todo o Ocidente esteja nas nossas mãos"

    Para os que não acreditavam que eles seriam capazes de deitar as torres gémeas abaixo..., e no entanto deitaram.
    E sobre este assunto, dou por terminada a minha "contribuição".


    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar
  10. Caro Joaquim Jorge,

    Como diria VOLTAIRE "Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las".

    Como diz o Daniel Braga. Quem não concorda que se expresse. O fundamental é haver respeito e elevação na argumentação. Eu também não concordo com muitas ideias da Hercília, mas sei que ela é genuína e corajosa, porque não tem nicknames a esconder a sua identidade.

    Até porque é do contraditório que nasce a luz.

    Fazes muito bem em continuar com a linha editorial de liberdade que é o apanágio deste CdP. Até por vezes demais, pois alguns textos insultuosos têm sido publicados. Ninguém pode queixar-se.



    ResponderEliminar