30/06/2015

A opinião de João Vasco Almeida



João Vasco Almeida 
O meu querido amigo Joaquim Jorge insiste em pôr o país a pensar. O seu clube é um dos mais livres do país, onde as pessoas sabem ao que vão e onde ainda não há medo. É obra, de um homem que, pelo seu iluminismo pessoal, foi lutando contra tudo e contra todos. Tive o gosto de dar os meus dez tostões para o clube, quando ele ainda não existia, incentivando-o. Joaquim Jorge é daquelas pessoas que se devia levar em conta quando falamos de cargos institucionais em que é necessário um irascível moderado, um fazedor exigente. Mas Roma paga mal e JJ sabe disso. Um dia, se tiver um país, JJ será decerto Ministro da Inquietação. A melhor pasta para um homem de obra.
(na foto, está um senhor que não é JJ)

Sem comentários:

Enviar um comentário