06/12/2014

Justiça




Só a justiça pode restabelecer a confiança dos portugueses. Um sistema político e jurídico, não  funciona bem quando não tem falhas, mas quando as detecta, consegue resolvê-las e saná-las.

Os casos que têm vindo a lume nos últimos anos são preocupantes. E, não é só o caso Sócrates, há muitos mais, tendo à cabeça a banca: BPN , BPP e BES.

No caso dos bancos houve fraude financeira de grande escala em que os controles institucionais fracassaram, principalmente do Banco de Portugal. Só  muito tarde foi descoberto, em que o dano foi enorme para os pequenos aforradores e para os próprios portugueses.

Nada nos garante que não se podem cometer fraudes no futuro. É preciso que os culpados sejam condenados, assumam as suas responsabilidades e se procure recuperar o dinheiro. 

Esta é a forma de verificar se o sistema consegue reagir e repor a legalidade. Um país avançado e com uma justiça eficaz condena quem comete crimes e procura seguir o rasto do dinheiro.

Os portugueses têm sido muito prejudicados por todos estes crimes financeiros, branqueamento de capitais, fraude fiscal, etc..

A justiça deve defender os interesses dos portugueses.

JJ

Sem comentários:

Enviar um comentário