15/01/2008

PROGRAMA RÁDIO - CLUBE PENSADORES


DESTA VEZ EXCEPCIONALMENTE - 3ªFEIRA ( SEMPRE À 4ªF)

Programa na RCM irá para o ar -terça-feira - dia 15 ,entre as 19h e as 20h.

Joaquim Jorge convida José Vitorino , membro do clube , economista , que conheceu o clube pela sua esposa Maria da Graça e nunca mais abandonou este espaço de ideias.

Há um espaço que os interessados poderão entrar em directo no programa de rádio :
1 – Via telefone através do número 229381756
2 - Via net através do blogue
http://clubedospensadores.blogspot.com/ , na hora as opiniões dos internautas serão lidas e tidas em conta para a discussão.

Esta emissão estará disponível online a partir do site http://www.rcmatosinhos.com/ ou com a frequência 91.0 no seu rádio. Será conduzida por Susana Ferreira.

O programa tem 2 rubricas:
Ideias K : Maria Teresa Goulão
Blogues - convidado o blogue "Cegueira Lusa" do autor José Carreira , membro do clube presente em debates , Coordenador desta rubrica fazendo a selecção dos blogues e um amigo .

Participe ( ligue ,opine ) , divulgue , pratique cidadania

Clube dos Pensadores

22 comentários:

  1. Mais um programa que não perderei.
    Desejo a todos os intervenientes boas prestações.
    Obrigado pela informação que nos fazem chegar das mais variadas formas.

    João Costa

    ResponderEliminar
  2. Eu é que agradeço o interesse e acho que O João Costa deve passar da passividade , isto é a só receber informação que eu enalteço e registo como passar à acção participando , opinando e por que não um dia também ir à rádio...

    ResponderEliminar
  3. Caro JJ e José Vitorino, desejo-vos mais um bom programa. As discussões serão interessantes, não tenho dúvida.

    Ao josé Vitorino para lembrar que não me esqueci do Movimento para a Restauração do Condado Portucalense (MRCP) porque tem de arrancar para bem da coesão nacional. Estamos na fase crucial da aplicação dos fundos do QREN e das grandes obras (algumas de regime) que podem e irão acentuar as assimetrias regionais.

    Se não tivermos presentes na "divisão" do bolo, a culpa é nossa. Mas a presença nessa divisão não pode ser através de funcionários (respeitáveis é certo), mas sem a legitimidade democrática sufragada em eleições e mais que necessárias.

    Descentralizar é o mesmo que temos. Só há uma solução, a regionalização do país. Uma verdadeira regionalização.

    Um abraço a ambos e cá estarei para os ouvir com muito agrado.

    Mário Russo

    ResponderEliminar
  4. Caro Joaquim Jorge, o colega Joao Costa é o meu companheiro de blogue e de turma hheehhe.
    É um excelente rapaz e que escreve muito bem!
    Mas de vez em quando as suas ideias são um bocado radicais....

    Hhehe obg

    ResponderEliminar
  5. O senhor Menezes há uns dias atrás falou no problema do encerramento dos ATLs ligados à Igreja.
    então e todos os outros?
    Prestaram, durante anos a fio, um bom serviço ao país.
    E agora?
    Encerram-se?

    Esmeralda Esteves

    ResponderEliminar
  6. A Ota não rimou com a perdigota.
    O trabalho de anos foi para a gaveta e a opção agora é Alcochete.
    O que pensam da decisão final do governo?
    O que pensam do Mário Lino?

    Carla Pereira

    ResponderEliminar
  7. Será que José Sócrates já está a querer dar uma imagem diferente dele próprio? Verdadeira ou não...
    Ai as agências de informação...ai ...ai..ai..

    Luís Filipe

    ResponderEliminar
  8. joaquim sousa15/01/08, 19:24

    Dr. Joaquim Jorge
    Se gosta de saber a opinião das pessoas porque é que não as deixa falar ? Já tentou analizar quanto tempo fala você e quanto falam os seus convidados ?

    Joaquim Sousa

    ResponderEliminar
  9. Boas JJ

    Pois é, enquanto tivermos médicos a gerir hospitais, professores a gerir escolas, pais a gerir escolas, policias a secretaria, etc.. a função publica é o que é.

    Paulo Soares

    ResponderEliminar
  10. José Carvalho15/01/08, 19:32

    OTA-ALCOCHETE
    PORTELA+1
    ETC, ETC
    Realmente não percebo, o que é mais importante? a segurança, a acessibilidade, o ambiente, o espaço, etc. não ouvi ainda ninguém ordenar e pesar os factores da decisão. Será que são pesados pela Lusoponte e outros congeneres? Que pena ser tão incapaz de perceber...
    Um abração José Carvalho

    ResponderEliminar
  11. Penso que estamos num tempo em que tudo é permitido, em nome da democracia actua-se de forma ditaturial. Mas o que mais me indigna é saber que estes são aqueles que menos moralidade tem para agir da forma como têm agido.
    São vozes como a tua JJ que justifica ainda por cá andarmos.
    Maria Manuel

    ResponderEliminar
  12. Quanto a eroportos o curioso é termos no Porto um excelente aeroporto que está totalmente sub-aproveitado.

    Maria Manuel

    ResponderEliminar
  13. quebras de compormissos eleitorais, essa é boa para os nossos politicos uma coisa é o convencer o povo antes dos votos outra coisa é a acção efectiva no terreno.
    Mais uma vez a logica que só não muda quem não é inteligente.
    os compromissos eleitorais são logro consciente dos politicos.

    ResponderEliminar
  14. Nós os Portugueses somos assim gostamos de criar obras megalómanas vejam o caso das edificações eclesiasticas criadas no tempo da expanção maritima. ao contrário dos nordicos em vez de criarmos riqueza criamos obras gigantescas

    ResponderEliminar
  15. O jogo da politica financeira é mera rétorica a questão do Milénio é uma questão de loby, este é o tempo dos maçonicos...

    ResponderEliminar
  16. Anonimo identifique-se.

    ResponderEliminar
  17. A Teresa está coberta de razão. De facto esta é uma mulher com muito nivel, ainda bem que faz parte do club dos pensadores

    ResponderEliminar
  18. Formidável Teresa Você é mesmo genial.

    ResponderEliminar
  19. A Teresa e o Carreira contribuem bastante para que o programa enriqueça.
    O programa está cada vez melhor!

    Vitor Cunha

    ResponderEliminar
  20. Hoje o vosso programa está brilhante, já ouvi vários mas o de hoje é espectacular.

    (o anónimo anónimo e não o vitor cunha)

    Maria

    ResponderEliminar
  21. Obrigado pela participação .

    A quem me acusa de não deixar falar os outros...

    Quem me conhece sabe que este Clube existe para dar voz aos outros , principalmente nos debates , quem me aprecia diz-me que eu deveria falar muito mais.

    Agora dizem que falo demais ! Paciência não consigo agradar a todos . Porém o que interessa é debater , partilhar experiências e utilizar por bem os meios de comunicação social.

    Um abraço a todos

    ResponderEliminar
  22. Jorge Amaral16/01/08, 10:56

    Joaquim Jorge
    A verdade é essa mesmo O Dr. fala muito , diria mais , fala muito e bem porque é a sua pessoa enquanto pessoa que fala e todos nós penso eu, só temos a aprender com o que transmite e nos diz.
    Acho-o um bom moderador sem duvida mas isso de falar muito já é caracteristico de quem dá aulas , tenho uma prof- em casa que também fala muito mas nós quem fala menos temos é de contrariar e saber também falar ou dizer, mas tudo se aprende na vida!...
    Joaquim fale homem fale sempre que nunca lhe doa a voz, estaremos atentos.
    Abraço

    ResponderEliminar