01/04/2017

POIS É, FOI TARDE DEMAIS!



Hercilia Oliveira 
No passado dia 26 de Março, passaram imagens televisivas de mais uma manifestação de protesto em várias cidades do Brasil, país que amo de paixão..., pela corrupção que há muitos anos lá  se instalou , desenvolveu e ganhou "adeptos" de uma forma escandalosa e vergonhosa.
Umas corrupção que tem destruído económica e socialmente um país que tem tudo para ser um grande país, desenvolvido e independente  como em épocas bem distantes já o foi.
Dá pena, muita pena, e ao mesmo tempo uma grande sensação de revolta,  assistir ao desmoronamento de uma nação como esta e que pela acção de alguns dos tais "ABUTRES" chega a esta triste situação.
Mas, se há coisas, e são muitas..., que eu aprecio no povo brasileiro, a sua garra e coragem que tem em se manifestar e lutar contra a indignidade com que o tratam de há muitos anos a esta parte, me deixa emocionada.
É uma emoção, acompanhada de uma tristeza e melancolia  repartida por duas situações diferentes mas que no fundo se identificam nos dois países irmãos: Brasil e Portugal.
Sempre que vejo aquele povo que na maioria das vezes em que se manifesta e exige até a queda de governos, o faz ordeiramente, eu me entristeço fazendo a comparação com o que acontece no meu Portugal que também amo de coração, e que vem há anos sendo enganado, corrompido como nunca o foi e que o povo tudo aceita, se deixando  assaltar com mestria e falta de vergonha e com uma indiferença. que me transmite a tal outra forma de tristeza, por ver um povo sem reacção a toda a corrupção  que todos os dias ficamos conhecendo
Se por um lado fico triste por ver o "meu" Brasil naquele estado, por outro lado fico triste por ver o meu Portugal caminhando há anos nessa mesma direcção e não sai à rua mostrando a sua indignação!
E tal como no Brasil..., se  durante muitos anos o que foi importante para o povo foi o futebol e uma "loirinha" bem geladinha, em Portugal se passa o mesmo; o importante é acreditar quando lhes dizem  que vive numa democracia , achando por isso que não tem nada para reclamar.., o seu clube de futebol e ir beber uns copos e está tudo bem.
Ora, não há nada mais perigoso numa dita democracia , em que os seus cidadãos se entregam aos ABUTRES sem os vigiar, controlar e exigir respeito como cidadão.
Revoltar e sair à rua protestando, é só quando o assunto é futebol! Aí sim..., aí se exige até a demissão do treinador!
Por tudo isto, é que a corrupção grassa por aí, sem que ninguém sofra as consequências dos seus actos (para não dizer outra coisa...) e em muitos casos  ainda há quem os  defenda , e idolatram os ditos cujos ABUTRES.
E, se muitas vezes me questiono como foi possível o Brasil chegar a este ponto, a resposta me foi dada por um jovem meu amigo, Bernardo, que embora muito jovem (22 anos) mostrou uma grande sabedoria na sua resposta.
Quando liguei para o Rio nesse mesmo dia,  sendo o Bernardo que me atendeu,
e eu lhe dei os parabéns pelo povo que mais  uma vez saía para a rua mostrando sua revolta, ele me respondeu: "Pois é, tia Cila..., mas foi tarde de mais...".
E é isso mesmo..., tarde de mais! É esse o meu receio de que aconteça o mesmo neste meu país; se continuarmos ficando indiferentes e com isso facilitarmos a impunidade que tem vigorado neste país, um dia, quando sairmos à rua protestando, seja já tarde de mais...

Sem comentários:

Enviar um comentário