28/02/2017

Opinião de Joaquim Jorge no Noticias ao Minuto


(..) Para o fundador do Clube dos Pensadores, trata-se de uma “vingança”, mais do que uma “desavença”: “Nunca gostaram um do outro. Apenas se toleravam e o verniz estalou depois de saírem de funções”.
“Parece um ajuste de contas. É algo feio, degradante, e dá uma má imagem aos portugueses, a quem estiveram confiados os destinos de Portugal”, escreve, num artigo enviado ao Notícias ao Minuto. “Se Cavaco Silva não achava que José Sócrates era competente para exercer o cargo com seriedade, deveria tê-lo demitido. Porque não o fez na altura?”, questiona.(...)

Sem comentários:

Enviar um comentário