10/10/2016

Artigo de Opinião de Joaquim Jorge no Jornal Público


Recentemente Rui Moreira que é independente, a um ano das eleições autárquicas, trouxe para agenda política a alteração da lei eleitoral. A sua pretensão é de natureza processual: as assinaturas recolhidas têm de subscrever uma lista completa de candidatos e não apenas o número um da lista (como pretende). Se nas listas independentes surgir um imponderável de última hora (doença, inelegibilidade ou desistência, por exemplo), a escassos dias das eleições autárquicas, a candidatura é anulada.
Em 27/08/2013 escrevi um artigo de opinião no DN, As Dificuldades de uma Candidatura Independente. Salientava todo o tipo de entraves e dificuldades: reunir as assinaturas necessárias para ser candidato; conseguir financiamento; pagar uma taxa de IVA de 23%; ter um número romano no boletim de voto, em vez de um símbolo; etc..

As últimas notícias, opinião, fotos e vídeos de Lisboa, Porto, Portugal, Europa e do Mundo. A melhor fonte de informação de economia, política, cultura, ciência, tecnologia, life&style e viagens.
PUBLICO.PT

Sem comentários:

Enviar um comentário