18/08/2016

O Meu Porto



António Joaquim Novo Teixeira 
HOJE FUI VER O MEU CLUBE DE SEMPRE A TENTAR LUTAR POR UM LUGAR NA FASE DE GRUPOS DA CHAMPIONS. Isto era impensável há 3 anos atrás, mas é a realidade. Já fomos ultrapassados pelo Benfica e no ano anterior pelo Sporting. Penso que este ano iremos lutar para o terceiro lugar com o Braga. 

Os erros e as ambições desmedidas dos dirigentes a isto nos fizeram chegar. Fui, sou e serei sempre um admirador de Pinto da Costa. Nada fará esquecer as alegrias que este homem nos deu. Na vida tudo tem um fim e há pessoas que não encaram o fim. Pinto da Costa não manda no Porto, basta lembrar a entrevista que deu ao Porto Canal quando disse que o Porto bateu no fundo. 

Lembrem-se o que ele disse sobre Rafa, um jogador do Porto B emprestado à Académica. Regressava esta época e seria titular. Foi o primeiro a ser emprestado. Não falo dos abutres que giram no clube, como o filho do Presidente, é mau demais. O Jogo de hoje pensava eu ser o mais importante da época, pois além do prestígio teria um encaixe de mais de 10 milhões, mais o que poderia vir a seguir. Acho que não foi encarado pela direção como tal. 

Não inscreveram o Aboobakar, ponta de lança e contrataram um desconhecido ...que não pode ser inscrito. Isto no Porto há 4 anos atrás era impensável. Nada está perdido, mesmo na Champions, embora eu pense que não temos equipe para ombrear com o Roma. Hoje, nos primeiros 20 minutos, podíamos ter sofrido 3 ou 4 golos...em casa!!! Não me lembro de tamanha humilhação. Vamos agora esperar por mais uns remendos nesta equipe, que poderá melhorar um pouco, mas vai de certeza encher os bolsos aos ditos empresários (eu chamo chulos) que controlam o futebol do meu clube. 

Na vida nada é sempre igual, fomos felizes e fomos um exemplo a seguir, hoje não somos, mas tenho esperança que os sócios do meu clube vão lutar e limpar esta gente que em vez de servir o clube, servem-se dele.

Sem comentários:

Enviar um comentário