30/03/2016

Crónica de Genebra




Nelson Fernandes
Excelentíssimo Senhor, Daniel BESSA.
Excelência:
     Não se assustem Caros Leitores, porque não estou a dar graxa aos sapatos de Sua Excelência o Senhor, em tempos idos Ministro da Economia, Daniel BESSA.
     Tanto mais que, ( e é por isso que aqui estou a cronicar) Sua Excelência o Senhor Daniel BESSA era e continua a ser, (por aquilo que tive a honra de escutar), AVESSO A ENGRAXADORES E LAMBE BOTAS.
     Como aquando do 10° ANIVERSÁRIO do CdP, nem sequer ousei interpelar Vossa Excelência, de tal modo eu tinha em mente a que foi a minha intervenção, gostaria de, hoje e aqui, neste Maravilhoso Palco, dizer-lhe o seguinte:
     Também existem aqui na Suiça políticos “ pequeninos”, mas de um modo geral a Suiça é gerida por POLÍTICOS da CRAVEIRA DE VOSSA EXCELÊNCIA. É por isso que a Suiça dá Lições e é um País Rico.
     Um POLÍTICO, e Vossa Excelência teve a oportunidade de o frisar (aquando do debate de, 21.03.16), é uma Mulher ou um Homem, que põe todo o seu saber e disponibilidade ao serviço da Nação e do Povo, no seio do qual nasceu.
     Todo o pseudo-político, (homem ou mulher), que se serve da Nação em proveito próprio, é mentiroso consigo mesmo e um ladrão do Povo que o pariu. Não é digno da água que bebe.
 Excelentíssimo Senhor, termino aqui. Conhecê-lo e ouvi-lo foi para mim a prova de que vale a pena eu continuar a interessar-me pelo Camoniano Jardim que nos viu nascer.
     Excelentíssimo Senhor Daniel BESSA. Portugal não vai poder continuar a viver assim eternamente e vai sair das mãos dos facínoras, brevemente. A Sua Hora de Glória ainda está para vir. Dir-me-á então.
Seu admirador.
Nelson Fernandes

1 comentário:

  1. Caro Sr Nelson Gonçalves

    Neste país, tudo que tem qualidade ou seriedade, vale ZERO!
    Quem quiser algum tipo de reconhecimento e ser compensado pela qualidade do que faz, tem que emigrar; caso contrário, acaba numa esquina tocando flauta, pedindo esmola na rua ou ao Estado,. todo poderoso na sus máfia.
    Ou até, fazendo de estátua, uma arte bem interessante!
    Felicito-o, por ter tido a coragem de emigrar e viver num país, que aí sim, aí se vive em democracia e numa sociedade realmente evoluída.

    Um abraço

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar