13/02/2016

DE ALTERAÇÃO EM ALTERAÇÃO




Hercília Oliveira 
Este O E de 2016, com tantas alterações que já foram  feitas, deve ser irmão gémeo dos PECs.
O que não admira nada, visto que descende da mesma família política.
E, não há duvida, de que se os políticos são todos enganadores, os socialistas tem ainda outra faceta que os distingue: malabaristas e com sinais de psicopatia .
Costa assemelha-se muitas vezes, ao seu camarada Sócrates.
Depois de ficar bem claro, que o orçamento que acabou ficando ( para já...) como definitivo, e que das iniciais promessas propagandistas eleitorais, já muito pouco resta e que é claro que o pouco que dá com uma mão, vai tirar com as duas..., a austeridade vai continuar e até corre o sério risco de aumentar.
É o OE, em que só o governo acredita, ou pior ainda, faz de conta que acredita.
É o orçamento dos Ses...
Vai dar certo SE, houver crescimento
Vai dar certo, SE o emprego crescer; e vai dar certo se o investimento aparecer.
Entretanto, toma medidas que afastam qualquer investidor que precise de segurança para o fazer.
É o OE, em que a austeridade acabou, só porque Costa o diz. Ele decreta, e pronto; para a esquerda, os impostos e a austeridade por eles criada, são sempre pequenos ajustes e sempre por culpa dos outros.
Mas a realidade é  tão simplesmente esta: Costa quis e prometeu fazer um orçamento impossível de ser aceite em Bruxelas e pela maioria de quem basta somente saber fazer contas.
Costa prometeu entre outras coisas, um orçamento para enganar os que o gostam de ser. Sabendo desde o início que o teria que alterar.
Mas, sabia também, que desta forma usaria como desculpa o não poder cumprir, porque a culpa é de todos os que não acreditam e não deles
A culpa passou a ser, da oposição e do anterior governo que foi para Bruxelas rogar e criar dificuldades ao actual governo. Claro..., todos sabemos a força e a importância que qualquer governo português tem em Bruxelas! Eles até tremem quando os confrontamos...!?
Costa, já até  promoveu Passos, passou de lacaio, era assim que o classificavam, a um político ex  governante que chega a Bruxelas, manda e eles obedecem!! Fantástico o Costa...!
A culpa, é também de Bruxelas que não aceita e que impõe regras; coisa que Costa não sabia, coitado!
Mas, existem ainda outros culpados, dizem eles: a comunicação social que tudo tem dificultado com o que escrevem! Claro, quando não lhes agrada é um problema.
Enfim..., todos culpados e nunca eles, quando afinal o maior e já velho problema, está neles nas suas ideologias agora acrescidas por os companheiros que o ajudaram a ser eleito.
E assim, continua esta país num caminho sem rumo e com a agravante de a cada ano que passa, estar cada vez mais condenado ao fracasso.

" Temos um sistema fiscal alemão, aplicado por marroquinos a portugueses"
 ( Medina Carreira)

7 comentários:

  1. Este orçamento foi feito com base no que o governo anterior entregou em Novembro (estimativa) estruturais para lá temporários para cá, coitadinhos não há em Bruxelas quem saiba português...
    Já se percebeu há muito, que o problema está mal, porque é um orçamento de entendimento de esquerda, como tal político, esta é a única razão para este bando de fascistas estarem a criar dificuldades. Para esta direita da Europa que não se importa de meter dinheiro em países que não cito, não há problema é milhões atrás milhões, que nunca mais são repostos, daí, austeridade para cima de uns para alívio dos outros ...
    Ou será que esta Europa penteada de disfarces contínuos de democrata, não faz mais que denegrir os países mais pobres... recapitalizando os seus bancos distribuindo emprestando oito para sacar oitenta...
    Quem em quatro anos com medidas de austeridade que tocou em todos menos no poderio económico endividou o país em mais trinta e cinco mil milhões, quem foi? Está com peninha dos investidores, eles deviam investir mais é nas formações, para sermos melhores profissionais, também em modernizar os equipamentos, mas em vez disso investem nos mercados paralelos, em advogados e economistas para poderem fugir ao fisco, e assim atirar este país para o fundo. Isto para não falar nas insolvências fraudulentas e sei lá bem o que mais.
    Não é menos verdade que os partidos agora na oposição têm feito tudo para passar uma má imagem do governo actual junto dos seus correlegionários por esta Europa fora?
    Mau perder e falta de patriotismo é o que é. Aliás de gente desta não se pode esperar outra coisa.
    Uma coisas eu sei, com a esquerda não há presos aos montes por corrupção, do centro e direita é aos molhos... e a esquerda é que é perigosa, vai-lá-vai...
    Para acabar basta pensar no que se está a fazer aos refugiados (a tapar o sol com a peneira)...
    Não precisam de ter medo de meter terroristas cá dentro, eles são aos montes, e de luva branca não se fala...

    ResponderEliminar
  2. " Se, os porcos pudessem votar, o homem com o balde de comida seria eleito sempre; não importa quantos porcos ele já tenha abatido no recinto ao lado!"

    (Orson Scott Card )

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não lhe vou dar a resposta adequada com frase minha, porque entendo que seria uma ofensa ao criador deste nobre espaço (CLUBE DOS PENSADORES).
      Contudo não deixo de lhe dizer que não se esqueça que come carne de porco...
      (Inocêncio Matos)

      Eliminar
  3. Ora vamos la vêr se eu consigo dar uma para a caixa. O problema de Portugal reside pura e simplesmente na incompetência e chegado o momento de fazêr obra descalça-se a bota com o pretêxto de que é o vizinho o culpado. Não fosse isso e nem o Sr. Inocêncio Antonio nem A Madame Hercília nem eu aqui estaria-mos a glosar.
    Vejamos uma coisa; (e eu sei do que falo porque fui marinheiro) Quando um Capitão toma conta de um Navio antes de saír para o mar a primeira coisa que faz ( ou deveria fazêr) é saber se esta ROTO e as MAQUINAS ou as VELAS funcionam !!! Ou não serà assim a lógica !!!???
    Na Marinha Portuguêsa da actualidade o Capitão pega no Navio que sabe sobejamente que mete agua por todos os lados que as maquinas não funcionam, que as vêlas estão rotas, que os remos estão partidos,faz-se ao Mar com a ajuda dos rebocadores e ainda antes de atravessar S. Julião da Barra, começa a gritar que o barco se está a afundar ???
    Ou se é Capitão ou se é um Palhaço. Se O Navio está ROTO a primeira coisa a fazêr é repara-lo e depois então fazêr-se ao mar.
    Quêm é que vocês pensam que vai socorrer um Capitão a gritar à saida da barra que o barco está Roto !!!??? só um imbecil !!!???
    Que vergonha. E fomos nós um País de Marinheiros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só vou dizer alguma coisa porque fui marinheiro, mas não foi em Braga, como muitos, por isso, entendo que este espaço não se confina só aos marinheiros, como tal é deixá-los descansados... MUITO ME ORGULHO DE O SER.
      Quando se apresentar com um nome que o dicionário da língua portuguesa reconheça terá resposta concerteza.

      Eliminar
  4. Ó sr Inocente, então o sr achou que era dirigido a si!!??
    Nunca pensei, que se tivesse em tão alta consideração!
    Mas se gostou, tudo bem!

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar
  5. E DE ALTERAÇÃO EM ALTERAÇÃO....

    O Estimável Costa e seu maravilhoso desgoverno, entregou uma errata do OE com 46 páginas (se calhar com mais páginas que o próprio orçamento), em que tem tantas alterações, que deve já ser um outro orçamento!
    Muitas das alterações, são para mais agravamento e tentam passar despercebidas; que é como quem diz: a ver se passa sem dar nas vistas...! E para os mais distraídos até passa.
    É isto novidade? Não. É o habitual e a mim nada disto e muito mais que virá, me surpreenderá.


    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar