28/10/2015

Crónica de Genebra



Nelson Magalhães Fernandes

Que Desperdício !!!

Prometi aos meus Caros Leitores, numa das minhas últimas Crónicas, trazer a este Palco do Clube dos Pensadores, os números oficiais da apreciação que os emigrantes portugueses residentes na Suíça, fazem da política e dos políticos em Portugal. Passo a transcrever aqui os dados que hoje mesmo obtive.
Número total de eleitores recenseados em toda a Suíça : 9.457
Número total de votantes : 2.122 ou seja : 22,44%
Votos na coligação : 797
Votos no PS : 495
Votos no PCP : 158
Votos no BE : 138
Os outros arrebanharam : 138 Votos
Mas o mais significativo e que vem ao encontro daquilo que eu escrevi na minha crónica, são os Votos em branco 18 e OS NULOS 378 ou seja 17,81% dos 22,44% que votaram!!!
Como nos dois, três últimos anos, os portugueses chegaram à Suíça a um ritmo semelhante ao dos refugiados do Médio Oriente hoje, o nosso número aqui, deve rondar os 280.000. Portanto Caro Leitor, faça as contas.
Penso que nos outros países aonde residem os nossos compatriotas os resultados não devem diferir muito.
E dizer que estes 9.457 receberam como eu, o formulário para Votar, ainda por cima em Correio Registado !!! Que Grande Desperdício.
Tudo o que o eleitor tinha a fazer não era mais que, abrir o envelope, fazer uma escolha, selar e meter o envelope respectivo, numa caixa de correio.
Que trabalho cansativo !!! Este género de atitude, de modo de agir, chama-se em francês “ENFOUTISME”.
Em Português diz-se : deixa andar, deixa arder que o meu pai é bombeiro. Mas que fazer ...? não nos ensinaram outra coisa ..!
Pois é, o que falta a PORTUGAL é um LÍDER CARISMÁTICO. Pode ser mesmo um Cómico como um MORALES que vêm de ser eleito na América Latina e faltou pouco para ser eleito outro na Itália, Beppe Grillo. Pena é que em Portugal nem Cómicos há, apenas baratos palhaços de circo.
E enquanto esse LÍDER CARISMÁTICO não aparecer, Portugal vai continuar a ser um barco roto, sem capitão, à deriva no alto mar.
Depois do tão almejado, “ Primaveril CRAVO do 25 de Abril ”, Portugal dispôs de QUATRO LIDERES CARISMÁTICOS; Dois já morreram. SÁ CARNEIRO e ÁLVARO CUNHAL. Requiescat in pace ( descanse em paz)!
Dois estão vivos; MÁRIO SOARES e DIOGO FREITAS DO AMARAL. Votos de longa vida a estes, para terem tempo de apreciar de que género de gentalha se deixaram rodear para lhes seguir as passadas. Estes, Caros Leitores, são os nomes dos Políticos Portugueses que além fronteiras qualquer simples Amador em política sabe identificar. Tudo o resto é paínço. Para além destes quatro, pessoalmente comparo todos os outros sem excepção a uma sobremesa muito do gosto dos portugueses que dá pelo nome de: “QUENTE E FRIO”.
Eu estava para vos dar a minha definição do que é um Líder Carismático, mas prefiro dar-vos números.
DIOGO FREITAS DO AMARAL EM 1986 NA PRIMEIRA “ROUND” DE ElEIÇÕES PRESIDENCIAIS OBTEVE 2.629.597 VOTOS A COMPETIR COM MÁRIO SOARES NA SEGUNDA “ROUND” OBTEVE 2.872.064. MÁRIO SOARES GANHOU COM 3.010.756 E OS DOIS LEVARAM AS URNAS 5.937.100 ELEITORES.
Vinte anos mais tarde CAVACO SILVA foi eleito com maioria absoluta com 2.746.689 votos.
O Povo, qualquer Povo, sem Líder é como as LAGARTAS DOS PINHEIROS; se lhes tirarem a que vai na frente da fila, as outras morrem todas ali ...!

Sem comentários:

Enviar um comentário