18/08/2015

Humor



Joana — disse o orgulhoso pai —, vou saber o que o nosso filho será quando for crescido... Observa... 
Pôs, então, uma nota de cinquenta euros sobre a mesa, para representar a carreira bancária, ao lado colocou uma Bíblia, representando a carreira eclesiástica, e junto uma garrafa de uísque, para representar a vagabundagem. A seguir, esconderam-se num local donde pudessem ver os artigos que estavam em cima da mesa. 
O garoto entrou na sala e observou os objectos arrumados sobre a mesa. Olhou à sua volta e viu que estava sozinho. Observou a nota contra a luz e folheou a Bíblia. Depois, olhou de novo à sua volta e, rapidamente, tirou a rolha da garrafa e cheirou o conteúdo. E, de um gesto, meteu a nota na algibeira, colocou a Bíblia debaixo do braço, apanhou a garrafa pelo gargalo e saiu apressadamente da sala, muito alegre. 
— Meu Deus! — exclamou o pai. — Ele vai ser político! 

1 comentário: