06/08/2015

Clube dos Pensadores em férias mas nem tanto





O Clube dos Pensadores está de férias,a gozar e a deleitar-se com o que tem sido feito . Só este ano teve a presença de Sobrinho Simões , Rui Rio, Miguel Cadilhe (por ocasião do 9.º aniversário do CdP), António Costa, Joana Amaral Dias, Paula Teixeira da Cruz ( apresentação do livro de Joaquim Jorge Pedagogia Cívica), Manuela Moura Guedes, Álvaro Beleza e Sampaio da Nóvoa, candidato presidencial.

Todavia inúmeras pessoas ligam a Joaquim Jorge a sugerir a presença de determinada personalidade do mundo da politica , principalmente candidatos presidenciais. 
Todavia ultimamente ligam para convidarem Joaquim Jorge a ser candidato a deputado pelo círculo do Porto , diversas forças políticas.
Por outro lado estes convites fazem reflectir Joaquim Jorge e pensar no livro que anda a ler, O Fim do Poder, de Moisés Naím. As páginas tantas, num capítulo desse livro  fala sobre a decadência do poder, em que analisa que o poder político está a tornar-se mais frágil. Os partidos políticos e os seus líderes estão a ceder perante pessoas rebeldes e vindas de fora. 
A politica cada vez mais transcende os partidos políticos mas também a politica organizada. Cada vez pessoas que defendem causas e chamam atenção, o que Joaquim Jorge faz no Clube dos Pensadores pelo deficiente funcionamento do nosso sistema político assim como o défice democrático existente . Ganham relevância e notoriedade, o que fazem é prestigiante e seguido por muita gente.

Joaquim Jorge nunca se deu ao trabalho de lamber botas , nunca fez carreira politica num partido politico , nem pensa num cargo político. Todavia não deixará de intervir e abrir novos caminhos na política..
Os seus detractores acusam-no de fundar o Clube dos Pensadores com segundas intenções , sempre com ataques à sua pessoa, etc. Ninguém aguentava quase 10 anos sem actuar por algo em que acredita verdadeiramente.  A cidadania está na moda e está para durar e mudar a politica. Por outro lado fazer pedagogia cívica é de louvar e tentar melhorar a democracia.
Vivemos numa sociedade em que só se valoriza quem tem um cargo , aquilo a que se  
chama a sociedade patológica  do êxito.
Todavia não se deve viver para se ter um cargo qualquer mas sim ser uma pessoa que valha a pena conhecer. Pela nossa parte achamos que vale a pena conhecer o Joaquim Jorge e frequentar o Clube dos Pensadores. Muitos convidados estão presentes por variadas razões , mas também para  conhecer JJ, assim o confessou Marcelo Rebelo de Sousa aquando da sua presença no CdP.
Apercebemo-nos que JJ é feliz no clube e que vale muito mais que ter um cargo , por exemplo deputado ou outro. O maior êxito é Joaquim Jorge ser ele mesmo. Obrigado Joaquim Jorge por seres assim e continua.

CdP

2 comentários:

  1. Boas férias para Joaquim Jorge e toda a equipa, quer nos bastidores,-e fora dele-,que lutam contra o "sistema", de "matriosca russa", na política .Quanto a convites a candidatos à presidência sem querer meter foice em ceara alheia",seria justo convidar também por exemplo Henrique Neto.
    Cumprimentos e boas férias
    José Guimarães

    ResponderEliminar
  2. Já esteve recentemente no Clube mas pode muito bem voltar. É uma boa sugestão. Boas férias para si, José Guimarães.

    ResponderEliminar