15/05/2015

Sondagem : Coligação PSD/CDS taco a taco com PS


BARÓMETRO AXIMAGE 


Quem diria? A coligação governamental empatada com o PS. As dores de cabeça para António Costa vão aumentar. Quem deve estar a rir-se é António José Seguro. 
Os portugueses não querem esta austeridade mas também não querem quem os levou quase à bancarrota.

António Costa tem nestes cinco meses de se libertar do aparelho do partido e ser um homem de acção , como sempre foi.O PS tem uma oposição interna silenciosa mas que faz mossa. Não colabora e não se revê neste PS. O dever de António Costa é chamar os melhores seguristas. 
A coligação faz o seu papel de quem fez o trabalho de casa pelo país. O problema é que nós precisamos de uma simbiose na política de futuro: controlo das contas públicas , procurando um crescimento sustentado.Nem tanto ao mar nem tanto à terra, como os ingleses dizem somewhere in between.

Nota-se nesta sondagem que o bipartidarismo está para durar, ao contrário de noutros países da Europa.

A primeira sondagem desde a formalização da coligação pré-eleitoral PSD/CDS aponta para um empate entre a coligação e o PS.

De acordo com a sondagem da Aximage do mês de Maio para o Jornal de Negócios e Correio da Manhã, se as eleições fossem hoje, o PS obtinha 37,30% dos votos e a coligação PSD/CDS teria 37,20%.

A CDU (PCP e Verdes), seria a terceira força política, mas regista uma quebra de 1,5 pontos percentuais face a abril, ficando-se nos 7,70% das intenções de voto.

O Bloco de Esquerda recupera ligeiramente, obtendo 4,20% de intenção de voto.

O Livre/Tempo de Avançar alcança os 2% e o PDR de Marinho e Pinto desce para os 2,60%.

JJ
BARÓMETRO AXIMAGE - MAIO 2015 (COM COLIGAÇÃO PSD/CDS)
  • 50%
    40%
    30%
    20%
    10%
    0%
  • 37.3%
    PS
  • 37.2%
    PSD/CDS
  • 9.0%
    OUTROS
  • 7.7%
    CDU
  • 4.2%
    BE
  • 2.6%
    PDR
  • 2.0%
    LIVRE
Fontes: Correio da ManhãJornal de Negócios

Sem comentários:

Enviar um comentário