09/05/2015

David Cameron




David Cameron venceu no Reino Unido contra todos os prognósticos. Mostra que uma coisa são as sondagens, outra distinta, é o que ocorre no dia de eleições.
Esperanza Aguirre, do PP espanhol, disse, « agora se vê que as sondagens não são uma sentença de um juiz». É surpreendente  ao ponto que chegou o falhanço das sondagens , meio por meio. 
Todavia estas sondagens são um balão de  oxigénio para a coligação do PSD/CDS na próxima campanha que se avizinha. 
Será que os portugueses vão valorizar quem nos tirou da bancarrota, a estabilidade e a recuperação económica? E votam neste governo. Ou vão penalizar a forte austeridade que está para durar, o excessivo desemprego e a dificuldade de crescimento económico ? E votam PS.
Esta inesperada vitória, o governo português não se pode apropriar e pensar que tem algum mérito, são realidades diferentes no Reino Unido e em Portugal. Todavia fazem com que acalentem esperança, num bom resultado.
O PS pode e deve evitar que o governo português se cole a esta vitória, pois o mérito é de David Cameron.
Mas esta vitória dá que pensar...
JJ

1 comentário:

  1. Ed Miliband cometeu um erro muito grande em distanciar-se do SNP -partido nacionalista escoces. Uma regiao tradicionalmente Trabalhista, ouviu este lider recusar qualquer coligacao com aquele partido. Em quem iriam votar os escoceses? Daqui vem a forte ascencao do SNP e a queda do Labour pois os votos do primeiro dariam para o Labour ultrapassar os Conservadores. Ed Miliband nunca perdeu aquele ar de estudante que e' pouco convincente, para se governar um Pais. Grande queda do partido da coligacao -Liberals- por andar a lamber botas durante tantos anos. Se agora com maioria os Conservadores podem fazer o que quiserem, tambem podem ser responsabilizados isoladamente pelos seus habitos. E aqui, no UK, a opiniao Publica conta. O Governo nao e' dono do Pais, como em Portugal. Aqui, o governo, representa o Pais.

    ResponderEliminar