14/04/2015

Joana Amaral Dias, no Clube dos Pensadores, esteve endiabrada e convicta de um bom resultado do AG!R



Com o mote de "É saudável ser louco" , Joana Amaral Dias começou por agradecer o convite e a presença do fundador AG!R, Nuno Ramos de Almeida e   "Que se lixe a troika" . Joaquim Jorge aproveitou para dizer que isso mostra a abertura do Clube a todas as correntes de opinião e tolerância democrática. Relembrando que o movimento “Que se lixe a troika” tinha realizado a  manifestação “Grândola Vila Morena” aquando da presença do ex-ministro Miguel Relvas, tendo-se tornado um acontecimento nacional e consequente queda do Ministro e que pôs em risco a realização do debate.

Joana Amaral Dias disse que vinha para uma conversa aberta e franca e ser necessário união para discutir valores democráticos e republicanos. A propósito da sua saída do BE,Joana Amaral Dias relembrou uma frase de seu Pai Carlos Amaral Dias "só tu para seres rebelde até no Bloco de Esquerda".

Sobre o que disse Joana Amaral Dias na sua introdução.

Breve esclarecimento e propostas do movimento AG!R:
Nas manifestações estiverem presentes pessoas de esquerda e de direita, pessoas com longo trabalho politico e outras que nunca tinham participado e sem posicionamento politico, desempregados, monárquicos e anárquicos, ou seja, estavam pessoas de todos os quadrantes.
- Ouvir as pessoas e fazer "escuta activa". Olhar com olhos de ver e escutar com ouvidos de ouvir!
- denominadores comuns nas manifestações :
saber ouvir e saber representar as necessidades das pessoas.
respostas concretas para os problemas das pessoas que precisam de soluções urgentes
Escutar Ideias das pessoas.

Há uma minoria egoísta que se apropria do sistema 3 eixos do movimento AG!R:

a)1º Combate à corrupção sem tréguas!
Muitas vezes uma corrupção do próprio estado, como por exemplo VISTOS GOLD: vender a bandeira portuguesa a quem quer lavar dinheiro e fechar as portas a quem vir trabalhar e produzir .
Com a carga fiscal asfixiante o que nos impede de fazer progredir o país, para pagar a divida que na maioria pertencem às PPPs! Queremos saber para que serve o nosso dinheiro. Desde 2008, 86,6 mil milhões só dos bancos!
b)2º Poder económico tem que estar subordinado ao poder politico. A Economia tem que servir o cidadão e não o contrário. Possibilidade de escolher o modelo económico que queremos."Este modelo económico não foi decidido nem escolhido por nós cidadãos"
c)3º Aprofundamento da democracia. Há um abismo entre os cidadãos e a classe politica. É preciso realizar, referendos e legislação de iniciativa popular.
Democracia participativa e fazer com que os cidadãos não se afastem cada vez mais da politica! Há um punhado de gente medíocre que se julga proprietária da democracia! É necessário mudar e tirar-lhes esse poder.
Temos que arregaçar as mangas e pôr mãos à obra!

AG!R - É uma associação politica que não tem posicionamento politico de direita ou de esquerda.

Se for eleita deputada faz coligação com António Costa ? Joana Amarala Dias respondeu : «Não».
Está mais preocupado com os reais problemas do país e unir as pessoas que têm problemas comuns: desemprego, reformas, falta de capacidade produtiva do país, pagamento da divida, etc... pessoas essas que estão a ser castigadas com a austeridade.
trabalhar a assembleia do cidadão ; vários debates e várias discussões.
Não recolhemos as 7.500 assinaturas porque achamos que não é justo que o tenhamos que fazer.
Quem decide se um partido politico é legitimo ou não, são os cidadãos e não o Estado.
Não são o partido dos indignados.
Queremos ser governo: construir a batalha e começar a casa com os alicerces e as fundações!
Queremos disputar o poder e achamos que temos direitos para isso! Porque não podemos ser governo!? Somos cidadãos como os outros.Não quero ser muleta de ninguém!

A uma pergunta de Joaquim Jorge se aceita um pacto pré-eleitoral com o Livre e outras forças políticas? Joana disse ,«que sim, está aberta a discussões sobre ideias , propostas em defesa dos cidadãos».
é fundamental resgatar valores democratas e republicanos que foram perdidos

Maria João
Joaquim Jorge em tom de brincadeira pediu a Joana Amaral Dias para traçar o perfil psicológico do Clube dos Pensadores. Joana fugiu à pergunta dizendo que não mistura vida política com vida profissional , sendo psicóloga. Mas lá acabou por dizer que estima todas as iniciativas que trazem pessoas a debater e que sejam fora de Lisboa pois existe a hiper- centralização de Lisboa.

Assistiram ao debate mais de 100 pessoas , mais as que acompanharam em directo via online no blogue do Clube ( à volta de 80 pessoas).


1 comentário:

  1. Olá Maria João!
    Temos jornalista, e..., das boas!
    Parabéns e um beijinho.

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar