26/02/2015

O COSTA ESTÁ À RASCA..., À RASQUINHA!




Hercília Oliveira 
Depois de muitas indecisões do que dizer, acerca da "Nova Europa" que o Syriza anunciava, António Costa lá ia falando ao sabor das marés.
E, nos dias que antecederam as primeiras desilusões, António Costa aproximou-se um pouco mais da Grécia; não só por aproveitamento político tentando deixar o governo português mal colocado, mas principalmente porque gostaria, de caso venha a ser o próximo Primeiro - Ministro  de Portugal, ter o caminho mais facilitado.
Mas Costa teve azar!
É que a Europa em que o Syriza continua, é a mesma e sem praticamente nenhuma das mudanças que prometia.
E hoje, Costa já fez algumas declarações muito mais cautelosas.
Mas Costa teve outro azar!
É que no meio de tudo isto, quem melhor se saiu, foi o governo de Portugal!
Dois azares assim, e no mesmo dia..., deixa Costa um pouco à rasca!
Mas, claro..., que como político que se preze, logo dará a volta ao que disse e até dirá que foi tudo um mal entendido e que não foi isso que quis dizer.
E é com políticos desta categoria, que Portugal vai sair da austeridade!?
Quem quiser que acredite.

4 comentários:

  1. o pior que se pode fazer à Hercília é não lhe dar trela.

    ResponderEliminar
  2. Olá Hercília,

    De facto quem quiser acreditar na canção do bandido, do nosso Governo, que o faça. É uma lata desgraçada pôr-se em bicos de pés com auto elogios.

    Nenhum dos macro indicadores se deve a políticas deste governo de anões. O país está mais pobre, sem recursos, sem centros de decisão, sem esperança. A pouca que existe vem do lado do empresariado que vai inventando.

    A percentagem da dívida sobre o PIB é cada vez maior. O desemprego diminuiu graças a 300 mil imigrantes, muitos dos quais estarão, infelizmente para regressar de Angola. Desinvestimento na ciência, com fuga de cérebros, pondo em risco o que se conseguiu no passado recente. A cultura não é com este governo de contabilistas.

    Quanto à Grécia, não sei onde se tem tirado tanta conclusão sobre o claudicar do Governo Grego. Veremos.

    O Governo da Grécia tem uma tarefa hercúlea e o Syriza sabe disso. Eu elenquei 12 tarefas hercúleas no Governo Syriza.

    O que me espanta é tentarem colar a baderna, a sonegação de impostos, etc, como bandeiras do Syriza, que é falso. Eles são de esquerda e um pouco românticos, mas não são bandalheiros.

    Obviamente que algumas das promessas não vão conseguir concretizar porque são desejos alicerçados em pressupostos não alcançáveis na atualidade. Foram generosos no pensamento e pouco realistas, mas não se afastam do essencial, combater a austeridade criminosa imposta por uma tríade de malfeitores ao seu povo e já reconhecido pelo próprio Presidente da Comissão Europeia.

    Julgo que a Hercília não tece loas a essa tríade.
    Por acaso também aplaude a atitude subserviente de lambe-botas da ministra das Finanças perante o senhor alemão nazi?

    Ab
    Mário Russo

    ResponderEliminar
  3. Eu não disse que o Costa está à rasca...!?
    Agora é que ele se enrascou!!!
    O Seguro deve estar dando umas boas gargalhadas...!!

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar
  4. Caro Mário Russo

    Acha que se fosse o PS, ou outro qualquer não faria o mesmo!?
    É evidente, que qualquer um governo que estivesse nesta situação, procuraria tirar partido.
    Nada de que não estivéssemos já habituados!
    Imagine, ou melhor..., deve ter já ouvido, o que Costa disse sobre a situação actual do país, em comparação com 2011!?
    Preparando o caminho!? Talvez.
    O que na verdade sei..., é que com esta gente que anda há 40 anos nos desgovernando, este país não tem solução.
    Nunca teremos partidos, que ponham o país acima dos seus interesses. Só por milagre!
    Quando uma sociedade, se constrói na base do ter e se "despe" dos valores mais importantes, temos uma sociedade com homens sem mais nenhum objectivo que não seja : valores monetários.
    E eu, não me identifico minimamente com esta sociedade.

    Um abraço

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar