26/01/2015

Pós-eleições na Grécia




Este domingo venceu claramente o Syriza e Alex Tsipras, os gregos votaram num programa, num partido, num líder que prometeu o fim da austeridade. Tendo como uma das suas bandeiras contratar os funcionários públicos que foram despedidos, reposição dos cortes salariais e das pensões,aumentar o valor do subsídio de desemprego e do salário mínimo . Por fim renegociar a dívida.

Agora é que vão ser elas! Ou cumpre o que prometeu ou é o fim desta esperança e de uma aventura que se vai desmoronar. Estou à espera de ver o que diz a Europa e a Sr.ª Merkel. Os portugueses também aspiram por estas reivindicações , no fundo, repor o que perderam partir de  2010.

O que se passar na Grécia vai ter impacto no sul da Europa ( Portugal, Espanha, Itália )mas também no centro da Europa.( França, Alemanha). 

JJ

1 comentário:

  1. Olá Joaquim Jorge.

    Com toda a certeza a Europa vai mudar. Vão inventar novas expressões para dizer o que o Syriza pretende e bem. Perdão de 50% da dívida e prorrogação do prazo, em sintonia com o que o povo e país pode pagar.
    É a lógica da batata, que só um Palerma não consegue ver. E nós o temos.

    Nós é que não temos Governo, mas uma sucursal dos credores, cujo Presidente do Conselho de Administração é PPC com missão liquidatária.

    Quero ver esses senhores engolir o seu próprio vómito.

    Mário Russo

    ResponderEliminar