06/01/2015

C.I.V.A. ( Centro de Investigação da Vida Alheia)



1-Agostinho Santos, artista plástico, escritor e jornalista no JN  , com diversas exposições e que ainda consegue  realizar tertúlias no seu atelier. Já tive o prazer de ser orador numa delas a seu convite, com Pedro Abrunhosa. Uma gratificante sessão. Um nome a ter em conta em Gaia.
2-CM Gaia contínua com o pesadelo das suas contas: A Gaianima é um nó górdio que nem ata nem desata. Há quem diga que este arrastar e empastelamento interessa, pois por arrasto pode apanhar gente do actual executivo.
3-A actual mulher de Marco António Costa , Daniela Sofia Carvalho de Brito Cicio Pereira concorreu a técnica superior na CM Gaia e teve 9,52 valores , foi aprovada mesmo à tangente  A prova de conhecimentos exigia ter no mínimo  9,50 valores. ver aqui
4-Marco António foi-se embora da CM Gaia e recusou ser candidato pelo PSD, há quem diga que fugiu para não ser apanhado pelo ciclone Luís Filipe Menezes.  Tinha tudo para vencer e suceder a Luís Filipe Menezes, mas teve medo pelos rabos-de-palha e que iria sobrar para ele. Por outro lado alguém que é porta-voz do actual maior partido (PSD), que esteve no governo, a sua influência parece  diminuta e nem arranja um emprego para a sua mulher? Às vezes o que parece não é…dá jeito ser assim.
5-Luís Filipe Menezes está em maus lençóis, mas se cair consta-se que vai cair muita gente com ele, incluindo gente do actual executivo da CM Gaia. Para já o seu filho veio embora do PSD ( obrigado ou de livre vontade).
6-Os partidos políticos como costumo dizer parecem tropa, há uma hierarquia rígida, com uma cúpula dirigente que a seu bel-prazer tanto promove como tira o tapete. É circunstancial e depende sempre de altos interesses que nada têm que ver com mérito e interesse comum.
7-No último debate do Clube dos Pensadores, em que esteve presente como convidado de honra, Jerónimo de Sousa, na plateia de forma discreta esteve Jorge Sarabando ex- candidato à presidência da Câmara de Gaia pela CDU. Foi pena não ter sido eleito vereador ( foi por um triz) , bem o merecia pela campanha que fez , e era importante para os gaienses ter alguém com este perfil no executivo.
8-Tem-me dito que qualquer dia vou deixar de escrever no jornal Audiência, por apontar o dedo e tecer críticas à CM Gaia sendo o Audiência conotado com o PS. Eu respondo sempre da mesma maneira  e com a maior serenidade: - como entrei a convite do seu director Ferreira Leite, saio sem problema. Não falta quem me queira para escrever, mas sinto-me bem aqui e estou neste projecto com empenho.
9 -Mas não deixo de reconhecer que sou uma voz incómoda, mas também sei, passe a jactância, que há cada vez mais gente que me lê e se revê no que digo e escrevo. Os jornais locais, como o Audiência e OGaiense têm subsídios da Câmara, o normal é falar bem de quem está no poder. Todavia admiro a isenção e independência do seu director Ferreira Leite que não se deixa dominar e manietar por isso.
10- Para quem não liga nada ao Natal é complicado sobreviver durante essa época. Parece que o mundo está todo virado para um ritual  e para quem não o faz é mal visto. Esta data para mim é um castigo, todavia para a maioria das pessoas é um prazer e uma festa. Mas já passou.

JJ

*artigo de opinião publicado no jornal Audiência


Sem comentários:

Enviar um comentário