22/07/2014

PORTUGUÊS – LÍNGUA INTERNACIONAL



Tereza Halliday
 Línguas não têm data de nascimento, vão se formando e evoluindo através dos séculos. Segundo a Linha do Tempo, no Museu da Língua Portuguesa em São Paulo, a história do Português remonta a quatro mil anos antes de Cristo, mas foi tomando jeito de língua distinta lá pelos séculos VI e VII desta era.  Comemora-se em 2014, oito séculos de existência “oficial” da Língua Portuguesa em forma escrita, tendo como base o testamento de D.Afonso II, datado de 27/6/1214. Bom pretexto para ressaltá-la como patrimônio, justamente quando está se internacionalizando.

            Falado por mais de 244 milhões de pessoas, o Português é  idioma oficial de oito países: Portugal, Brasil, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde, Sâo Tomé e Príncipe e Timor Leste, cada qual com suas variações linguísticas geográficas e grupais - classe social, jargões profissionais... É a terceira língua mais usada no Facebook.  Sua relevância atual está registrada no livro Português como Língua (Inter)nacional – Faces e Interfaces – Kleber Aparecido da Silva e Denise Torres (organizadores), Campinas, 2013, Pontes Editores. Segundo relatório do British Council (2013) “o português será um dos 10 idiomas estrangeiros mais importantes no Reino Unido”.

Assim como o famoso TOEFL - teste de Inglês como língua estrangeira - o Brasil  dispõe de um exame de proficiência em Português (CELPE-Bras), aplicado em vários países,  centros de estudos e universidades, com apoio do MEC,  Itamaraty e Sociedade Internacional Português Língua Estrangeira (SIPLE). No Recife, a UFPE e a ABA (Associação Brasil-América) mantém cursos de português para estrangeiros. Motivos comerciais, culturais, demográficos, diplomáticos, levam a nossa língua a atrair o interesse de falantes de outras línguas e adquirir esse status diferenciado. Só falta nós, brasileiros, aprendermos a  dignificá-la com um ensino fundamental de qualidade.



Sem comentários:

Enviar um comentário