20/07/2014

Disco riscado



Isabel Coutinho
Tentava eu abstrair-me das "novelas" portuguesas, que passam em "prime time" na TV e que fazem capa de jornais diariamente com episódios rocambolescos, de ficções duvidosas, com actores de fraca performance, fraca imaginação e criatividade (ou é o contabilista, os compadres e a amante (Troika) sempre os culpados), e... me deparo com outro tipo de "novelas", desta feita, também ela em língua de Camões, sem dobragens, mas que apresenta duas versões. Aqui, neste caso é "novela musical", algo do tipo antigo vinil que tinha o Lado B e Lado A. Antigamente o lado A do vinil (single) promovia a canção de sucesso e o lado B uma canção menos conhecida, que se ouvia só para descansar um pouco o desgaste do vinil que a agulha provocava de tanto rodar no Lado A.

Aqui têm uns excertos da "musica" que nos tentam dar com o tema - Angola

Lado A
"Angola está a secar a "árvore das patacas"...Os rios de dinheiro para comprar empórios na Europa, a exibição escandalosa de riqueza nas lojas mais caras do mundo, a abastança de uma classe dirigente que em pouco anos passa da miséria à opulência, as negociatas paternalistas com um Portugal empobrecido, os empregos a rodos e a febre dos arranha-céus..."O petróleo angolano tem os dias contados"

A capital de Angola é uma das mais caras do mundo"..."o preço de bens e serviços atinge índices delirantes. Um "quadro" médio europeu pode auferir facilmente um salário mensal de 15 mil dólares em Luanda. Em contrapartida 55% dos angolanos vivem abaixo da linha da pobreza com apenas 1,2 dólares por dia.

Após acordo de paz em 2002, sentindo que podia lançar-se sem o empecilho das guerrilhas nacionalistas da UNITA e FNLA, o governo de José Eduardo Santos, promoveu uma politica de contratação de técnicos estrangeiros altamente qualificados..."Foi neste período que os capitalistas Luanda firmaram uma posição de grandes investidores na Europa com especial destaque para Portugal".."No fim de uma década de "galinha de ovos de ouro"uma nova geração de "quadros" angolanos começou a despontar, formada em escolas locais e sem experiência de gestão rigorosa, começou a disputar,.....na toda poderosa Sonangol, os lugares de direcção até então ocupados por "know how" estrangeiro."..."...a atmosfera é hoje de "auto-gestão" com os consultores estrangeiros a serem dispensados ou ignorados. A burocracia e a corrupção voltaram a ganhar terreno..."

Lado B
"Angola pode tornar-se o maior produto de petróleo africano em 2018, ultrapassando a Nigéria e superando a barreira dos dois milhões de barris por dia,...a produção de Angola, depois de uma estagnação nos últimos anos, vai conhecer uma acelaraçao consistente até 2023, ano em que a produção deverá ficar próxima dos três milhões de barris por dia..."

"Salário  mínimo de Angola aumenta até 168 euros. O salário mínimo em Angola passou a estar fixado em 112 e os 168 euros (22 504,50 Kwanzas), consoante o sector da actividade, segundo um decreto presidencial publicado em Diário da Republica e que entrou em vigor a 1 de Junho...sectores dos transportes e industria transformadora, fixado em 140 euros e para o sector agrícola 112 euros..."

"Nenhum país pode aspirar ao desenvolvimento sem que os seus recursos humanos estejam devidamente preparados para serem o motor desse mesmo desenvolvimento. Angola tem suprimido este problema socorrendo-se de recursos humanos expatriados..Portugal e Brasil. "Filda- Feira Internacional de Luanda...31ª Edição...tem como lema  "Os desafios da Atracção de Investimento: estratégia, legislação, instituições,  infra-estruturas e Recursos Humanos",.."vão estar presentes 100 empresas portuguesas de diversos sectores de actividade económica"...."...afirma o organismo estatal " a aposta das empresas portuguesas na FILDA traduz o seu empenhamento no mercado angolano, bem como a continua ambição e desejo de reforçar as excelentes relações comerciais entre os dois países"

(Lado A e Lado B ambos retirados de "Disc Jockeys" portugueses, editado em 8 de Julho e 14 de Julho/2014 respectivamente, em formato papel de editoras diferentes).

"Escrevo tudo o que diz a voz do meu interior.Depois até chego a pensar que eu já tinha lido isto antes"....afinal resume-se tudo a  um disco riscado :(


Isabel Coutinho


Sem comentários:

Enviar um comentário