24/06/2014

SINCERIDADE ACIMA DE TUDO...!





Hercília Oliveira 

Se há coisa que eu" aprecie" num bom  político, é a sua sinceridade.
São sem dúvida uns gajos porreiros...!  Por isso mesmo eu os AMO tanto!
"D. Sebastião" Costa António Hollande, esteve recentemente no American Clube. E comentando o pedido do Presidente da República para os partidos do poder chegarem a um consenso, "D. Sebastião" respondeu:
" Se as matérias em cima da mesa não são do agrado dos partidos, não pode haver consenso"
Ora, há muito que sabemos que o importante para eles, e que está acima de tudo..., é o partido! Mas é sempre bom ouvir eles falarem verdade. Só de vez em quando é que lá vem uma mentirinha: "queremos lutar pelo bem estar do nosso povo e por este país..., queremos o melhor a que têm direito: igualdade, bons salários, menos horas de trabalho, mais férias  e subsídios para os que têm direito a não trabalhar".

O País..., as pessoas, não têm qualquer importância  para eles. O partido sim, pelo partido e pelo que o partido lhes dá..., eles  são capazes de tudo...! Só o poder está acima do partido.
Pelo poder, e se o partido o põe em risco, mandasse o partido ás "favas" ou até o colocam em má situação.
D. "Sebastião" Costa, está apoiado por um grande personagem que é bem o retrato dos interesses partidários que lhe possa garantir sustento: Mário Soares.
Segundo o "Correio da manhã", a Fundação Mário Soares recebeu do governo de seu amigo Sócrates em plena crise económica, 640 mil euros.
Por seu lado, "D. Sebastião" Costa António Hollande, segundo o mesmo jornal, deu através da CML 40 mil euros este ano.
É para estes e outros do mesmo " género", que este regime a que muitos chamam democracia, e só por isso já vivem felizes achando que não há melhor..., que realmente este regime que já tem tantos anos como o anterior, é bom.
Será que vai continuar por tempo indeterminado...!? Pelos vistos vai.

12 comentários:

  1. O que se está a passar no PS mostra bem o ninho de víboras que é, e os xuxas que eles são.
    O país que se lixe. O partido é que é importante para eles e o poder que conseguem através dele. MAIS NADA!!!!!!!!

    António Figueiredo

    ResponderEliminar
  2. Caro Sr , enviei um comentário para este artigo e não está publicado. Será que houve algum problema? Agradeço que verifique se não lhe der muito trabalho. Muito obrigado.

    António Figueiredo

    ResponderEliminar
  3. Muitas vezes os comentários não chegam , outras vezes é erro de quem os escreve.

    No Clube não há censura... A tecnologia é traiçoeira e enganadora.

    mas também podemos falhar sem intenção.

    Cumprimentos,

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigada, Sr JJ
    Eu compreendo e agradeço.

    António Figueiredo

    ResponderEliminar
  5. Olá Hercilia,

    Ninguém quer ouvir a verdade!! (O português gosta de ouvir e só ouve o que mais lhe convêm)
    Poucos conseguem dizê-la! (As verdades são muitas vezes anti-populares, ninguém as compra, não dão votos)


    "Os homens preferem geralmente o engano, que os tranquiliza, à incerteza, que os incomoda."
    (Marquês de Maricá)

    Isabel Coutinho

    ResponderEliminar
  6. Ó Isabel até parece que a Só a hercília diz as verdades!?

    Aqui neste espaço muita gente diz verdades e bem ditas sem medo: Mário Russo; Joaquim Jorge, Francisco Azevedo Brandão, etc.

    Depende é a forma como se diz e o estilo.

    Claro para si que é PSD gosta de ouvir uma forma e não outra.

    Mas tudo bem...

    O Clube dos Pensadores não v~e só para um lado procura ter uma visão larga e abrangente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro (a), que responde pelo Clube,

      Ou é mulher, e está naqueles dias...!!
      Ou é homem, e nesta altura com o futebol, está completamente irascível...!

      O seu comentário é completamente despropositado.
      1º Estou apenas a comentar texto da Hercilia, já comentei de outros!!
      2º "este espaço, onde muita gente diz verdades e bem ditas sem medo", devo estar incluída no etc!!
      3º Se calhar não gosta do meu estilo!!
      4º Já escolheu uma cor politica para mim! Deve ter alguém no CIVA, que escrupulosamente indagou, não sei aonde, nem quando, nem porque!
      5º Mas tudo bem....Nesta estamos de acordo
      6º.......não me apetece dizer mais nada.

      IC

      Eliminar
  7. Fui eu, Joaquim Jorge que comentei.

    Obrigado,

    JJ

    ResponderEliminar
  8. TODOS QUEREM TACHO

    Convencido de que os portugueses terão de votar nele nem que seja por cansaço, António José Seguro está levando a lógica do atual modelo de partidos ao extremo. A encenação de Ermesinde onde se montou um espetáculo em que se pretende enganar o país com um suposto apoio popular a um líder partidário mostra que a falta de respeito do líder do PS pela inteligência das pessoas.

    O país está farto de líderes como Passos Coelho e Seguro ou dos Relvas, dos Álvaros Belezas, dos Moedas, dos Brilhantes e dos Marcos Antónios. Está farto desta má colheita fermentada nas associações de estudantes, onde os mais calinas chegaram a líderes e agora aplicam ao país os métodos sujos que treinaram nas escolas.

    Portugal precisa de novos líderes, de uma boa colheita de gente capaz de servir o seu país com a sua disponibilidade e o seu saber e não de uma geração de totós iluminados. Portugal precisa de líderes competentes e não de pirralhos que chegaram a líderes das jotas porque não dedicando tempo aos estudos eram os mais disponíveis de organizações duvidosas.

    O país não pode gastar as energias a discutir as manobras manhosas de António José Seguro, a ouvir as alarvidades do Brilhante ou a esperar pelos pareceres que a Maria de Belém encomenda ao seu conselho de jurisdição. O país nada tem que ver com os esquemas partidários, com as blindagens de estatutos, as manobras de bastidores.

    Não é a primeira vez que o país deixou de acreditar nos partidos e o resultado foram as maiorias absolutas da direita. Desta vez parece que um líder fraco do PS pretende trocar a afirmação do seu partido por um cargo de vice de Passos Coelho. Perante as consequências dos truques manhosos de Seguro é óbvio que ou surgem novas soluções partidárias ou o país terá de sujeitar a mais uma legislatura de austeridade brutal, provavelmente apoiada por uma maioria constitucional como sempre desejou Cavaco.

    Se o centro esquerda e o centro direita não querem ser surpreendidos por uma aventura partidária promovida por um qualquer Marinho Pinto com ambições de salvador, resta encontrar uma solução partidária fora do PSD e do PS. É preferível gastar energias a criar uma solução alternativa para o país do que andar de concelhia em concelhia a comprar militantes do PS.

    É uma perda de tempo realizar debates televisivos com um Seguro que perdeu todos os debates quinzenais com Passos Coelho. É uma perda de tempo discutir projectos para o país com um líder partidário que nunca apresentou uma medida alternativa. O país está à frente do PS, principalmente deste PS de gente cinzenta ou de ressabiados do passado.

    É preciso impedir uma maioria constitucional de dois políticos sem qualidade e com um governo liderado por Passos Coelho com Portas e Seguro como vices e isso só é possível com um partido que mobilize os que não aceitam esta lógica corrupta dos aparelhos partidários.

    ResponderEliminar
  9. Pelos vistos, ainda há muitos acreditando que a esquerda é que é solução, Mesmo após 40 anos e com três desgraças económicas...??' Em que na maioria dos anos quem esteve governando foi a dita esquerda!!!!
    Assim como ainda há quem acredite nos mesmos políticos que andam há anos se governando, que defendem quem nos colocou conscientemente na situação caótica em que estamos!!??
    O que é que António Costa diz que vai fazer,e que possa realmente mudar muto a situação que temos?
    Não diz porque não sabe..., mas sobretudo porque sabe muito bem que não pode!
    A não ser que seja para chamar a Troika novamente, e desta vez não ao fim de dez anos, mas sim ao fim de dois!
    Eu até já quero que o PS volte rápido ao poder, para ver se as pessoas de uma vez por todas aprendem que não é com esta gente que tivemos durante 40 anos que algum dia este país entra nos eixos. Já que é para rebentar..., que rebente de vez.
    É preciso pessoas independentes, como já acontece nas Câmaras Municipais para que algo mude.
    Com esta corja política, tudo vai continuar bom..., mas SÓ pra ELES!
    Mas..., agora parece que ainda vão dar hipótese ao novo "Messias: S. António de Lisboa".
    Força..., se for preciso até ajudo...!

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar
  10. Uma grande verdade dita por um grande cidadão, que este Clube já teve como convidado e que proporcionou um debate inesquecível!

    "Conseguimos o milagre de levar o Estado à falência sem interferências"

    (Medina Carreira)

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar
  11. Aos afrancesados vai valendo a constituição, que lhes vai alimentando a ilusão, do ser boa gente aquele que sem nada fazer, tem quem o alimente. Sob o lema da protecção e dos direitos do coração lá vão reunido pedintes que se vendem por um miolo do pão.

    ResponderEliminar