16/02/2012

QUE SOCIEDADE É ESTA!?

Havendo tantas situações que me deixam pasmada com a falta de justiça e com a falta de ordem e autoridade de que este país sofre, há uma situação que realmente me deixa abismada!
É raro o dia em que ouvindo os relatos dos acontecimentos de assaltos ou outros tipos de crimes até por vezes bem mais graves, a notícia normalmente vem sempre acompanhada da informação de que os autores desses crimes são já largamente referenciados com cadastro "invejável", e alguns são até dados como altamente perigosos...!
Sempre que escuto estes relatos, fico perplexa e me questiono: mas o que é que esta gente está fazendo em liberdade...!!???
Como é possível que estando esta gente referenciada..., sendo conhecida pelo tipo de vida que levam e do que são capazes..., estejam em liberdade, continuando a fazer o que tão bem sabem fazer e os cidadãos é que estão cada vez mais prisioneiros destes bandidos!? Como é possível??
Será que estamos assim tão adormecidos, tão desprovidos de qualquer tipo de bom senso, que tudo isto seja encarado com normalidade!?
É claro que cada vez mais temos assaltos, sequestros e todo o tipo de situações que nos deixam inseguros e cada vez mais há pessoas a sofrer na pele os efeitos desses acontecimentos que muitas vezes até lhes tiram a própria vida.
Claro..., pois se a consequência que estes bandidos sofrem é tão encorajadora a que continuem, e serve também de mau exemplo para outros que se sentem motivados a encetar esse tipo de "profissão"..., como é que o crime vai diminuir se os exemplos diários que são dados mostram que o crime compensa!?
E não me venham com a conversa da treta de que não há cadeias suficientes para os meter. Se não há que as façam..! Os cidadãos é que não podem continuar a estar reféns deste tipo selvajaria...! NÃO PODEM!l
Porque é que não se põe estas pessoas trabalhando e construindo as suas próprias prisões!' Ou será que todos os portugueses que trabalham na construção civil estão sendo escravizados!?
Acho até que seria uma medida muito saudável e os livraria de tanto sedentarismo que os conduz a uma especialização da sua "profissão", e que como são rapidamente postos em liberdade, ainda saem mais especializados.
Espero que não apareça por aqui algum "querido" elemento da associação dos direitos humanos sempre tão defensores destes "queridos cidadãos, e me ponham algum processo por eu estar a propor a escravatura, e acabe por me acusar e me meter na cadeia!

Hercília Oliveira

3 comentários:

  1. É a tal sociedade que dizem ser democrática e que é muito boa para os politicos se governarem e os bandidos terem toda a liberdade.
    É isto a que nós assistimos diariamente.

    ResponderEliminar
  2. Paulo Rodrigues17/02/12, 10:16

    Às vezes tenho tido alguma dificuldade em compreender porque é que tantos problemas, com que a sociedade se confronta, que achamos que seriam fáceis de resolver, continuam a ocorrer. Pensemos até na fome no mundo, na poluição, nos fogos, ou muitos outros. Mas já me habituei a tentar pensar, quem serão os possíveis beneficiados com o facto desses problemas não serem resolvidos. Em todas as situações referidas, existem sempre alguns que obtêm vantagens, nomeadamente vantagens económicas. No caso da insegurança, quanto maior for, mais ganham, por exemplo as empresas de segurança. Quando uma casa sem alarme é assaltada, o dono corre a mandar colocar um alarme!
    Até os políticos, dando espaço para que existam grandes problemas, ganham votos, quando às vezes anunciam ou tomam algumas medidas para resolver alguns deles.

    Quanto a mim, é esta a grande causa, de existirem tantos problemas na sociedade: Existem muitos que beneficiam com eles. E normalmente, os mais fracos sofrem e os mais fortes beneficiam.

    Uma das maneiras de tentar caminhar no sentido de se minorarem, será através da mobilização da opinião pública, da divulgação de factos, da reflexão. Por isso, os meus parabéns pela existência deste espaço de debate. Será através deste tipo de iniciativas e da sua divulgação que poderemos refletir sobre as diferentes situações. Mas além da reflexão, é necessário depois passar à ação. Por isso, desde grupo de pensadores, não devemos ficar apenas pela reflexão. É bom refletir. É bom dizer o que deviam fazer. Mas a sociedade é composta por todos nós. Muitas vezes dizemos que os políticos não fazem nada. Mas também é certo, que às vezes encontramos pessoas, que quer através de associações ou clubes conseguem dar grande contributo para a melhoria das causas a que se propõem. Por isso, os meus votos são, para que deste club de pensadores, possa surgir um grupo de actuante.

    ResponderEliminar
  3. Todas estas situações se passam por essa Europa fora, que se acha muito desenvolvida!
    E por isso mesmo é que se está a desmoronar.

    ResponderEliminar