12/07/2018

Mário Russo



Hoje, fui a convite de Mário Russo almoçar. Foi um encontro muito agradável, em que o Mário Russo me falou da sua vida, e mais tarde, falamos do projecto para Matosinhos. Este professor universitário e engenheiro que me acompanha, desde sempre, no Clube dos Pensadores, nem sempre está presente porque a sua vida profissional divide-se por Portugal e Brasil.

Mário Russo é dos poucos que percebe a minha cabeça e sempre me apoiou, sem condições, em tudo que diga respeito à cidadania. Muitos estavam no Clube, por esta ou por outra razão, mas deixaram de aparecer. Ele não, nunca me abandonou e conto com ele para tão árdua tarefa. A relação que tenho com ele é sui generis, raramente falo com ele, mas entendemo-nos por telepatia.  Há uma leitura recíproca da mente, de pensamentos e conhecimentos , e o mais importante, perceber o que pretendo fazer. Um homem arejado mentalmente e aberto às minhas ideias, nem sempre compreendidas e aceites. 

Como também o conheço bem, percebi pelo que ouviu do projecto que tenho na cabeça, que gostou. Deu umas dicas e terei mais um excelente parceiro para ajudar a melhorar Matosinhos. Ter o Mário Russo ao meu lado, ao lado deste nosso projecto é uma mais-valia e o seu saber e capacidade serão um acrescento intelectual inexcedível. Aproveito para lhe agradecer publicamente a sua disponibilidade e amizade.

Deixo-vos uma foto, tirada há alguns anos,em que fiz questão de o ter ao meu lado, na Maia, na apresentação de um livro meu - Blogue Clube dos Pensadores.

JJ


Sem comentários:

Enviar um comentário