20/01/2018

PS Porto




Orlando Gaspar 
Orlando Gaspar venceu as eleições para a concelhia do PS Porto. Perdão! Renato Sampaio  é que venceu  as eleições para a presidência da concelhia do PS/Porto, alcançando 51,4% dos votos, contra 48,8% do candidato derrotado, o presidente em exercício Tiago Barbosa Ribeiro.

Tiago Barbosa Ribeiro apoiado por Manuel Pizarro, presidente da distrital do PS Porto, que perdeu as eleições à CM Porto, são os grandes derrotados.

Manuel Pizarro que se cuide, pois Orlando Gaspar foi o grande mentor e estratega desta candidatura de Renato Sampaio. Orlando Gaspar nunca esteve de acordo com a aliança entre Rui Moreira e Manuel Pizarro que deu no que deu como todos sabemos -Rui Moreira teve uma maioria.

Orlando Gaspar , o oráculo do PS Porto a quem o PS deve as maiores vitórias na cidade de Porto, está de volta, se alguma vez se foi embora. A idade é um posto e nunca se deve menosprezar e, não ter em conta um homem tão profundo conhecedor da vida política no Porto.
Renato Sampaio 

A sua visão vaticinava o que se passou a seguir : o PS está apeado do poder e de  influenciar pela positiva os destinos da cidade do Porto.

Para já, Manuel Pizarro não tem rival na distrital, mas no futuro vai ter e, que se cuide porque,  no PS com a vitória de Renato Sampaio alterou-se a correlação de forças.

O grande vencedor é Renato Sampaio que demonstrou uma grande dose de humildade e inteligência. Renato Sampaio, sendo deputado e antigo presidente da distrital do PS Porto, não mostrou relutância em concorrer à concelhia, aparentemente com menos importância e influência do que a distrital.  Mas o futuro constrói-se assim mesmo - debaixo para cima e por fases.
Outro vencedor é Orlando Gaspar - um vencedor espiritual, mental, anímico e psíquico - , desta candidatura.

Eu tenho a ideia  que nada se deve fazer no PS Porto sem falar e ouvir os conselhos de Orlando Gaspar. Quem não o faz, só perde. Renato Sampaio fez bem em ouvir Orlando Gaspar.

JJ

Sem comentários:

Enviar um comentário