11/05/2017

PS..., O PARTIDO DOS PENDURAS




Hercilia Oliveira 
Ao longo dos últimos anos. uma caracteristica a juntar ao currículo do PS, é a de ser um partido de penduras.
Sendo o PS, sobejamente conhecido por o partido das bancarrotas, ( já lá vão três...,), podemos  agora acrescentar mais uma: a de Pendura!
Em Outubro de 2015, se tudo corresse como habitualmente, o PS teria ganho as eleições. E teria ganho, porque sempre que o PSD tinha que impor austeridade para reparar o efeito do despesismo que  PS deixa ficar, o PSD perdia as eleições; sempre assim foi.
Só que, ao fim de todos estes anos e com as três bancarrotas com que o PS "presenteou " este país, as pessoas souberam finalmente distinguir entre quem causa os problemas e quem os tenta resolver. E, por isso mesmo, pela primeira vez o PS perdeu e o PSD ganhou.
E se a derrota foi má para o PS, para o Costa foi aterradora;  ele estaria acabado dentro e fora do partido. Costa  ficou como o naufrago  em alto mar, desesperado para se salvar e tendo um fantasma chamado Seguro que lhe acenava sorrindo!
Era demasiado aterrador e tinha que se pendurar no que quer que fosse que lhe aparecesse.
E o  desespero para sobreviver foi tal, que pediu ao Aladino que o iluminasse.
A salvação, bom...,a salvação foi pendurar-se nos camaradas do BE e do PCP; só pendurado teria alguma hipótese de se salvar.
E como os "cabides" em que se pendurou o aguentam e mesmo engolindo sapos atrás de sapos o seguram, tentou o PS de Costa, mais uma vez, fazer a experiência pela mão da Ana Catarina Mendes.
Vai daí, foi muito divertido assistir ás intervenções por ela protagonizadas.
Se da primeira eleição de Rui Moreira o PS concorreu com o seu próprio candidato e perdeu, era por demais evidente que nestas eleições de 2017 Rui Moreira ganharia de novo sem precisar do PS para nada.
Mas..., quem precisava do Rui Moreira era o PS!
O PS, tendo o Costa como o  chefe que se pendurou e se salvou, envia a Ana Catarina que em entrevistas  ensaia o salto de pendura e começa a pedir a Rui Moreira que lhe estenda a mão.
E como Rui Moreira lhe deu ao de leve a devida reposta a esses pedidos, a camarada Catarina voltou ao ataque derradeiro. E foi uma vergonha a forma como se pendurou!!
Disse ela sem hesitar, por várias vezes nessa última tentativa, que se Rui Moreira ganhasse, seria sem dúvida também, uma vitória do PS!
E por mais que os interlocutores a fizessem reflectir  no que estava dizendo, ela com o seu ar arrogante que está no ADN dos socialistas, voltava a repetir o mesmo e do género quero e posso e mando.
Era bom, muito bom..., o PS mais uma vez sairia vencedor pendurado em alguém. Bem à maneira do Costa.
Para Rui Moreira não havia outra maneira de lhes responder, senão da forma que o fez.
Pode até, vir a ficar fragilizado em votos nas próximas eleições e  até as perder, pode. Mas em consideração dos portugueses e em particular dos portuenses, ficou bem mais conceituado e admirado pela sua postura.
É bom, que existam pessoas ligadas à política mas que mostrem pelo menos alguma seriedade e diferença na forma de fazer política. Dos políticos profissionais e penduras, estamos nós demasiado cansados. Eu pelo menos estou.

2 comentários:

  1. Coitadinha da camarada Hercília, está cansada....da democracia!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Ela está muito pior da alergia que sempre teve a tudo quanto seja diferente do que ela pensa.....tadinha!...

    ResponderEliminar