27/01/2017

Opinião de Joaquim Jorge no Público



(...) Estas eleições autárquicas que, em princípio se realizam em Setembro de 2017 estão abertas a independentes, mas há todo o tipo de entraves e dificuldades: reunir as assinaturas necessárias para ser candidato; conseguir financiamento; pagar uma taxa de IVA de 23%; ter um número romano no boletim de voto, em vez de um símbolo; etc..
No fundo dá-se com uma mão e tira-se com a outra. Os partidos no fundo dizem, " meu caro pode concorrer mas tem que cumprir estes requisitos...
Ver Mais

Os cidadãos não se revêem na forma de fazer política no dia-a-dia e têm a percepção que a política é impotente para resolver os seus problemas e mudar as suas vidas.


PUBLICO.PT|DE JOAQUIM JORGE

Sem comentários:

Enviar um comentário