08/01/2017

MÁRIO SOARES (O homem dispensa a carpideira !)



António Fernandes 
O Homem que sempre apontou o caminho a seguir, não pode concordar ser seguido por carpideiras sejam de que espécie for.
Porque, não tendo já companhia. Essa, ficou nas trincheiras de todas as batalhas por aquilo em que acreditava, pelos vivos e com os vivos (!). As sempre prestáveis e usuais carpideiras são dispensáveis por não fazerem falta nenhuma.
Mário Soares foi um combatente. Um homem de convicções. De ideais genuínos.
Mário Soares foi líder na essência de um conceito voltado para uma preocupação visceral dos Homens: a sua organização social em democracia (!); em liberdade (!); em justiça (!); em que todos somos iguais perante a Lei e com as mesmas aspirações na vida (!);
Mário Soares foi um proeminente ideólogo do conceito de organização social em uma sociedade plural, socialista e democrática. O Socialismo Democrático.
Mário Soares foi um dos lideres que na Europa se bateram com denodo por um modelo politico alargada a todos os parceiros da União Europeia assente nos princípios da equidade e da justiça, económica e social. A Europa Social!
Europa Social que, tendo sido aflorada, nunca foi consubstancial.
Haverá de o ser Camarada Mário Soares, quer as carpideiras o queiram, ou não!
Enquanto cidadão, o cidadão Mário Soares, foi um cidadão igual a todos os outros.
Um cidadão do mundo e, nada mais!

Sem comentários:

Enviar um comentário