20/12/2016

Gaia precisa de imprensa isenta e plural




Estive a pensar da dificuldade em ler-se um jornal e ter notícias de Gaia, para além, das veiculadas pelo executivo PS. O jornal O Gaiense limita-se a ser uma correia de transmissão da CM Gaia. Compreende-se é muito apoiado pelo poder vigente. O Audiência, verdade seja dita, ia mantendo o contraditório. O seu director Ferreira Leite tinha esse tipo de desígnio. Todavia, desde, que passou a estar mais tempo nos Açores, do que no continente, as coisas, não são iguais. É pena, pois faz falta.
Depois temos o Gaia Semanário em que o seu director é da família do actual vice-presidente da CM Gaia, percebe-se as suas decisões. Recentemente enviei informação das actividades do Clube dos Pensadores e nem resposta obtive.   
Também temos o jornal Terras de Gaia, em que amavelmente uma jornalista, de seu nome, Tânia Pinheiro solicitou-me informação do que vai fazendo o Clube dos Pensadores, mas nada sai. Talvez, alguém tenha dito algo para nada ser publicado e noticiado.
Deste rol de imprensa salva-se o Valadares em Foco, em que o seu director Armindo Costa com denodo e estoicismo procura manter de pé o seu querido projecto que sai para as bancas trimestralmente.
Tenho saudades do meu bom amigo, Manuel Cruz, director do Jornal dos Carvalhos, em que o seu jornal era um hino ao verdadeiro jornalismo, isento, transparente e informativo. Mas encerrou.
Há espaço para mais um jornal fora da esfera do poder, isento plural e que faça o contraditório. Por exemplo, criar já, um jornal online e de seguida ver a viabilidade financeira para ter um novo jornal em papel. Poder-se ia chamar Gaia Online. Em papel sugiro o nome Gaia.
Eu, ao escrever, estas linhas pode pensar-se que estou preocupado que o Clube dos Pensadores seja notícia em Gaia. Nada disso! A minha preocupação é ter cidadãos em Gaia bem informados e atentos ao que se passa em gaia. Felizmente, o Clube dos Pensadores é notícia, em imensos órgãos de cariz nacional desde o CM, JN, DN e Público, Jornal de Negócios, entre outros. Em jornais online, como o Noticias ao Minuto, PT Jornal, Diário Digital, entre outros.
Em jornais regionais como o Jornal de Matosinhos, O matosinhense e o Noticias de Matosinhos, porventura porque sou nascido e criado em S. Mamede de Infesta. Chegando à Maia, pelo MaiaHoje e Primeira Mão, onde vivi na casa dos meus pais até vir para Gaia.
As rádios e televisões vão quando o entendem e noticiam o que se faz no CdP. Não me posso queixar.
Todavia é estranho, atípico, fora da normalidade e misterioso não haver notícias do Clube dos Pensadores, que é realizado em Gaia, bem comum, dos partidos da oposição e ideias contrárias às do poder vigente.
No tempo de Luís Filipe Menezes nunca aconteceu tal! E, eu recordo-me muitas vezes de criticar as suas políticas.
Gaia está amordaçada e precisa de dar um grito pela liberdade de expressão e de imprensa.
Felizmente que existe o FB e, muita gente me segue e lê, porventura muito mais, do que são lidos alguns dos jornais referidos, sem expressão e paroquiais.

Estive a pensar da dificuldade em ler-se um jornal e ter notícias de Gaia, para além das veiculadas pelo executivo PS. O jornal O Gaiense limita-se a ser uma correia de transmissão da CM Gaia. Compreende-se, é muito apoiado pelo poder vigente. O Audiência, verdade seja dita, ia mantendo o contraditó...
FAROLDANOSSATERRA.NET|DE FAROL DA NOSSA TERRA


2 comentários:

  1. Comentários
    Fernando Moutinho
    Fernando Moutinho Muda para a tua terra S. Mamede de Infesta, Matosinhos.
    Não gosto · Responder · 1 · 16 h
    Manuel Barbosa
    Manuel Barbosa O Clube dos Pensadores não precisa da CM Gaia para nada e muito menos de qualquer pasquim jornalístico! Força Jota.
    Não gosto · Responder · 2 · 15 h
    Fernando Moutinho
    Fernando Moutinho Verdade amigo! Abraço fraterno
    Não gosto · Responder · 1 · 15 h
    Joaquim Jorge
    Joaquim Jorge Não é fácil viver numa cidade em que os jornais da terra só vêem um lado e tentam ignorar o outro. Mas, felizmente não o conseguem fazer. Há sempre alguém que aprecia o nosso trabalho. Basta sair num jornal para todos os outros saberem . Deste modo não...Ver mais
    Gosto · Responder · 1 · 13 h · Editado
    Joaquim Fernandes Rocha
    Joaquim Fernandes Rocha Perfeito!...
    Não gosto · Responder · 1 · 14 h
    Antero Filgueiras
    Antero Filgueiras Há sempre um problema de fundo: e quem é que paga a conta?!
    Não gosto · Responder · 1 · 10 h

    ResponderEliminar
  2. Gaia e não só! Todo o país está sendo "encantado" por uma víbora que se chama Comunicação Social, e que todos os políticos acarinham.

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar