20/10/2016

Artigo de opinião de Joaquim Jorge no Record


(...)
Esta 3.ªfeira o Real Madrid perante o Legia de Varsóvia venceu 5-1. Só faltou um golo de Cristiano Ronaldo para ser uma noite perfeita da Liga dos Campeões. Todavia Ronaldo está longe da sua forma, lento a reagir e rápido a discutir por tudo e por nada. Convém que comece a jogar mais.
Esta 4.ªfeira o jogo grande da Liga dos Campeões opôs Barcelona ao Manchester City. Todos os ingredientes para ser uma noite de emoções, ainda por cima, com o retorno de Pep Guardiola à sua antiga casa. Todavia o jogo não teve muita história. O Barcelona tirou partido de uma escorregadela de Fernandinho e de um erro crasso de Bravo com os pés. Não deixa de ser irónico, Claudio Bravo foi contratado por Guardiola porque jogava muito bem com os pés, ao contrário de Joe Hart que foi convidado a sair. O Manchester City com onze já era difícil defrontar o Barcelona em Nou Camp, com dez tornou-se complicadíssimo. Messi não perdoa e marcou três golos. Resultado final 4-0, que podia ter sido, ainda mais, não fosse Neymar ter permitido uma grande defesa de Caballero, que tinha ocupado o lugar de Bravo expulso, no penálti.

.
RECORD.XL.PT

Sem comentários:

Enviar um comentário