01/07/2016

Crónica de Genebra



Nelson Fernandes 
Vamos lá então ao ALBIONXIT « Brexit ».
Vão lá alguns mêses toda a gente tremia que o “Grexit”, desmoronasse esta,    ( não velha Europa ), mas sim, CARUNCHOSA EUROPA. A Europa, esta Europa é como um tronco desses pinheiros chamuscados pelo fogo. As primeiras chuvadas os bichos pulam aos milhares por baixo das cordoaras, a comer-lhe a madeira. Se a Grécia tivesse grexitado, já a estas horas estava a produzir pão.

Assim continua à espera que os Burocratas de Bruxelas, de tempos a tempos lhes enviem umas côdeas e uns ossos rapados. 

Mas a Grécia, assim como Portugal receberam dinheiro, montanhas de dinheiro, que foram recuperadas por Srs, que de seguida o transportaram de volta a essa CORRUPTA EUROPA ACIMA. No dia que o meu Portugal decidir por um “ Porxit”, no mesmo dia será um País mais Rico e em pouco tempo se tornará próspero. Convenhamos que vai ser preciso trabalhar. Subsídios, será para esquecer. Os burocratas cortarão imediatamente a torneira das côdeas.
O Brexit, ou melhor o desmoronamento inevitável, do Megalómano projecto Europeu, começou no dia 22.07.2004, dia em que foi eleito José Manuel Durão Barroso para Presidente da Comissão Europeia. Foram as razões que levaram Durão Barroso a Bruxelas, que contribuíram a um desentendimento geral sem fim e à saída hoje da Inglaterra, e de todos os outros que têm alimentado a vaca, até que fiquem apenas os mamões, os quais acabarão também por sair, por falta de mama.

Assim para Substituir Romano Prodi, havia duas facções em Campo: Por um lado a Alemanha e a França queriam que fosse Eleito o Federalista Belga, Guy Verhofstadt. Os Ingleses não estavam de acordo com tal escolha e apresentaram o Candidato deles Chris Patten, o qual por sua vêz não era aceite pelos outros. Mas Alberto João Jardim, Vice-Presidente do PPE, resolveu o problema sugerindo Durão Barroso. Assim um Outsider era a melhor aposta para resolver o enredo. Durão Barroso Foi assim o Santo Salvador, enquanto os contendores moviam os peões e os cavalos ...!!!
Durão Barroso, bem ou mal (a História o dirá), fêz o seu tempo. O seu substituto dispensa apresentações...!!! Daí ao rombo no Titanic é um salto de pardal. Os únicos pendentes, com a desintegração europeia são os burocratas de Bruxelas. 

Mas resta-lhes uma segunda HIPÓTESE FABULOSA: VOLTEM AOS VOSSOS POVOS E LA, METAM EM PRATICA PARA OS VOSSOS COMPATRIOTAS AS LIÇÕES QUE APRENDERAM EM BRUXELAS. ACABEM COM A SALADA. CADA MACACO EM SEU GALHO. DURANTE 9 SÉCULOS FOI A EUROPA QUE FOI BEBER AGUA A PORTUGAL.
SOU POR UM PORXIT ...!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário