20/03/2016

CLUBE DOS PENSADORES DEZ ANOS A PENSAR PELA LIBERDADE E PARTICIPAÇÃO CONSTRUTIVA E ATIVA DA CIDADANIA



Daniel Braga 
Há dez anos iniciou o Joaquim Jorge este belo projeto de cidadania. Provavelmente sem ter a ideia que, 10 anos depois, esta mesma ideia de participação ativa dos cidadãos num projeto comum de dar voz a quem a não tinha, estivesse tão consolidada, tão viva e alcancasse este tão rotundo e estrondoso sucesso na sociedade. Foi no CdP que comecei a interessar-me pela participação ativa na discussão pública de ideias e do debate político, de um modo meramente informal e não toldado por práticas ou amarras partidárias de uma qualquer área política em que me inserisse.Não, preferi iniciar-me neste tipo de projetos que me agradavam, a convite do Joaquim Jorge. Visto o modelo imediatamente fiquei agradado e me fiz incondicional apoiante. Encontrei esse meu lugar e esse meu caminho no CLUBE DOS PENSADORES procurando, de forma continuada, participativa e descomprometida, vou opinando e dando a minha visão crítica sobre tudo o que se passa e me interessa na política, sempre sob uma matriz e um olhar livre e sem obedecer a nenhuma espécie de compromissos ou ideias pré concebidas e esteriotipadas. Mas sempre aberto à opinião e crítica alheia. E tudo isso se deveu a este projeto inovador, audacioso e até ambicioso de que colocar as pessoas a pensar por si , sem amarras estigmatizadas por uma qualquer ligação partidária ou de caráter ideológico comprometido.
O CLUBE DOS PENSADORES transformou-se ao longo do tempo num espaço de debate e de participação cívica ativa sustentado, ouvido pela sociedade e credível, sendo, hoje, uma voz incontornável da livre crítica construtiva, sem amarras ao Poder, aos lobbies e à partidarite das clientelas políticas e ouvida por muitos cidadãos que apenas ousam querer ter voz e poder expressar-se livremente sobre as preocupações e os anseios de um País que continua a atravessar tempos muito difíceis. Como afirmei não há muito tempo, está sempre presente nos holofotes da notícia, muito pelo pundonor e persistência do seu fundador, tornando-se o CdP, por isso mesmo, numa voz incómoda aos interesses instalados e simultaneamente um marco consistente e marcante na sociedade portuguesa e na forma de debater a política em Portugal. O que parece contraditório mas não é: um espaço que não agrada a todos, onde todos têm lugar se quiserem, mas simultaneamente um espaço respeitado por onde já passou praticamente a sociedade política, cultural e empresarial do nosso País. Por isso a importância de manter bem viva esta chama da cidadania livre e ativa, da sociedade civil, onde muitos de nós se sentiu identificado e encontrou aqui o seu espaço de conforto para a discussão pública das ideias na procura de um Portugal melhor e mais justo..
Neste 10º ANIVERSÁRIO é com muito carinho que saúdo todos os amigos e membros do Clube, o seu fundador e todos aqueles que transformaram este belo espaço, num confortável cogumelo de esperança numa partilha comum de opiniões e onde já nos ligam, em muitos de nós, elos de amizade e comunhão de vontades no sentido de não deixar cair este propósito que em boa hora foi pensado e idealizado pelo Joaquim Jorge. Juntemos pois vontades, quereres e esforços para que o nosso Clube jamais esmoreça e o Joaquim Jorge continue a ter forças e motivações para levar este enorme barco a bom porto.
Parabéns, pois, CLUBE DOS PENSADORES, parabéns JOAQUIM JORGE por mais este belo aniversário!!!

1 comentário:

  1. Amigo obrigado pelas tuas palavras...
    Vou fazendo em quanto puder e tiver forças engenho e arte para continuar com a tua prestável ajuda.

    JJ

    ResponderEliminar