20/12/2015

Real Madrid 10 - Rayo Vallecano 2



Pelo resultado, parece que foi fácil , mas foi uma mentira. Estava a ver o jogo e mudei de canal. Considerei um roubo : a expulsão é um exagero e o penalty não existiu.
O Rayo Vallecano ficou logo no início do jogo sem dois jogadores e jogou até ao fim com 9 jogadores.

Paco Jémez, treinador do Rayo Vallecano, disse hoje que a atitude de Cristiano Ronaldo na goleada 10-2 sofrida frente em Real Madrid, com dois jogadores a menos, lhe meteu “nojo”. Em relação ao jogo foi uma vergonha.
O Rayo chegou a estar a vencer 2-1 no Estádio Santiago Bernabéu, mas duas expulsões mudaram tudo e de possível surpresa passou a goleada.
Assim não vale e a verdade do jogo está em causa. Ronaldo continua a arrastar-se e o Real Madrid j´com a ajuda do árbitro pode esconder a sua má-forma e fio de jogo. A crise segue para o próximo jogo.
JJ

1 comentário:

  1. De acordo com o jornal catalão Sport, foram "inventadas falsas declarações de Paco Jémez"

    O treinador do Rayo Vallecano, Paco Jémez, não criticou o futebolista português CristianoRonaldo, após o desaire por 10-2 com o Real Madrid, já que a notícia veiculada pela imprensa espanhola teve origem num 'tweet' falso.

    De acordo com o jornal catalão Sport, foram "inventadas falsas declarações de Paco Jémez" e as mesmas foram "difundidas por diferentes meios de comunicação", entre eles o próprio diário desportivo, que pede "desculpas ao técnico".

    Nesse 'tweet' inventado, e espalhado pelas redes sociais, o técnico do Rayo Vallecano afirmou que lhe meteu "nojo" ver Cristiano Ronaldo "ir a correr buscar a bola depois de cada golo" dos 'merengues'.

    Na realidade, Paco Jémez só teve críticas para o árbitro do encontro e não para nem jogador 'merengue'.

    ResponderEliminar