20/10/2015

O momento politico


A ideia de criação do Clube dos Pensadores teve como primordial a liberdade de expressão mas também a pedagogia cívica.

Depois destas eleições o circo politico é lamentável e dá uma ideia torpe e ignominiosa , que vai continuar a afastar as pessoas do que é politico e da política. É pena ! 

O Clube dos Pensadores,  ao convidar pessoas de todos os quadrantes políticos , ao longo destes anos, procurou fazer ver que para além dos partidos políticos estão os portugueses e Portugal.

O partido do Clube dos Pensadores é o "Partido Portugal". 

O impasse politico que se está a viver neste momento em que ninguém se quer entender e todos falam em nome dos portugueses, mas querem saber dos seus partidos e dos seus interesses pessoais. É execrável! 

Deixemo-nos de excesso de ideologite e de partidarite . O nosso lema deve ser Portugal e os portugueses.

Precisávamos em Portugal de um visionário como Nelson Mandela que nos una e apregoe a tolerância no respeito pelas nossas diferenças.

Os portugueses votaram na coligação PSD/CDS para governar, mas com menos austeridade e menos sacrifícios. Os portugueses são sibilinos, parece que não não ligam ao que se passa em seu redor, mas não conseguiram fazer uma séria aposta no PS devido ao recente colapso económico.

O momento político não é para brincadeiras. O FMI e aTroika já estão a esfregar as mãos de contentes, porventura vão ter que voltar a emprestar dinheiro. Não havendo um governo estável a situação económica vai-se deteriorar O pior é o Zé Povinho. 

JJ

1 comentário:

  1. Caro JJ, é verdade. Os políticos que temos deixam muito a desejar. Não são previdentes e por isso são o que são, medíocres. Não passam de fanfarrões. Não conseguem ver o que pode ser o futuro. Então não era de se acautelarem na linguagem na campanha (vale para todos), para abrir portas ao entendimento, ou pelo menos à conversa?

    Dizes bem, era preciso um Mandela, desprovido de taticismos e com sentido de Estado, com visão estratégica em que mais importante é o país.

    Vêm ao que tudo indicia, tempos difíceis. Nada que infelizmente não previsse ao analisar o que se foi passando na campanha eleitoral com o empastelanço que deu.

    O PR que poderia ser um esteio ético, de respeito e uma reserva da Nação, afinal não passa de um dos piores políticos portugueses e, seguramente o pior dos PR que Portugal já teve, incluindo os da "velha senhora". É um verdadeiro mamute numa loja de porcelana.

    ResponderEliminar