27/08/2015

OS HÉTEROS, QUE SE CUIDEM...!



Hercília Oliveira 
Há bem pouco tempo, foi notícia, em quase todos os jornais e TVs, cá do Luso País. As televisões, então..., foi em todos os canais e como habitualmente, durante dias!
"Um português, António Simões de 42 anos, vai liderar o maior Banco da UE: HSBC.
Até aqui,  tudo bem...! Uma interessante notícia, como outras que de vez em quando nos chegam  ao conhecimento, de portugueses que estão trabalhando em lugares de destaque e em empresas internacionais.
O ridículo da notícia, é que toda a notoriedade que lhe foi dada, era porque ele, António  Simões, era homossexual assumido, casado com um(a) espanhol(a)!
Aqui vai o que ele disse, e com todas as letras:
  " Se eu não fosse homossexual e assumido, não teria nunca, chegado a este cargo; foi por ser gay e assumido, que o consegui".
E, continuando numa das entrevistas que com" esforço" ouvi..., tudo que ele disse, foi um descarado incentivo à homossexualidade, e dando a entender, que quem não o fosse e o assumisse, dificilmente conseguiria chegar a certos cargos!
Pois é..., se há quem divide do que aqui escrevo, é só pesquisar que pode ser que consiga verificar que nada deturpei.
Quer dizer..., pelos vistos nos dias que correm e nas sociedades  ditas livres e evoluídas, não interessa a capacidade, inteligência ou graduação para exercer cargos importantes e de responsabilidade. Não..., o que é importante é que seja gay e tem que ser assumido..., senão, não dá!
O que também não me passou despercebido, é que toda esta publicidade tinha um objectivo:dar notoriedade ao poder do lobby gay, que a todo o custo e de todas as formas, quer impor as suas ideias e que as  aceitem. Acontece, que nem reparam, que quanto mais nos enchem a cabeça  com essas imposições..., mais eu e outras pessoas que como eu pensam, mais as rejeitamos.
Que para ser político,  no nosso país, e ter acesso a cargos importantes e de responsabilidade, não são  precisas nenhumas das classificações e qualidades acima citadas, já todos sabemos; só precisa ser eleito para governar o país e logo os amigos, mesmo que também  tenham as mesmas obterão benesses; mas que já não é só isso o bastante..., ficamos agora sabendo!
Portanto meus amigos..., sobretudo os desempregados e os candidatos a esse "posto", ou se tornam gays assumidos, ou então..., assumam sem o ser e se tudo correr bem e não sejam descobertos, conseguirão um bom emprego!
Caso contrário..., continuarão nos cargos disponíveis para os héteros, que são cada vez menos e de baixa qualidade.
Agora, entendo eu, por que o desemprego é tão alto por essa Europa fora, e não só...!

3 comentários:

  1. Olá Hercília.
    Também fiquei esclarecido com o ar triunfante com com os nossos mass-media deram a notícia. Não pela competência que a Sra. António tem, mas pelo facto de ser gay. Como seria a notícia se alguém ao ser nomeado para um cargo qualquer dissesse: eu não sou gay. Tenho orgulho em ser heterossexual. Ou então, menos refinado: Eu não sou paneleiro e tenho muito orgulho nisso. Ou então: Eu sou normal, como a natureza normalmente concebe os seres vivos quando não há disfunções. Sou um felizardo por isso.

    Não tenho nada a apontar a quem tenha escolhas diferentes das minhas e respeito todas as opções, até porque muitas delas, ou mesmo a maioria, tem razões psíquicas, educacionais, culturais e até fisiológicas. O que não consigo perceber é onde essas pessoas têm orgulho. Ou porque têm esse orgulho. E pior ainda quando fazem alarde disso. Podiam fazer as escolhas que fizeram e manter-se recatadas com elas, mas não.

    O que me aflige é a tentativa de impor um comportamento anómalo como NORMA (de normal)..

    A deturpação de valores é absolutamente visível. Na brincadeira um amigo meu Brasileiro disse que pensa em emigrar antes que no seu país seja obrigado a ser gay. O problema que vai ter é... para onde?

    Até este país de brandos costumes. Em Portugal o loby é muito grande, bastando ver a Coligação que Governa o país.

    Mário Russo

    ResponderEliminar
  2. Olá Mário Russo!!
    Ainda bem que também viu...! É que, se não..., ainda aparecia alguém, dizendo que era a minha "homofobia", que me tinha feito ver coisas que não existem!!,
    Está muito interessante a sua análise, e ó que realmente se passa. Aliás..., há muito que falo nisto; assim como, nos problemas que começam surgindo nas crianças e adolescentes.; e que infelizmente já começam surgindo exemplos...!
    Mas só daqui por algum tempo, quando os casos forem já demasiado evidentes, é que vão ver o erro.
    Mas é no que se tornou a sociedade: uma manada de carneiros e burros ( que me desculpem os que não são...), que mesmo que não concordem com o caminho para onde os querem levar..., não têm a coragem de dizer NÃO!
    Gostei em particular, do comentário do seu amigo brasileiro...! É precisamente, a mina opinião.
    Quanto ao que diz, sobre o lobby da governação, bom..., aí já não concordo totalmente...
    Fosse só esse o lobby que comanda, e o problema seria bem pequeno. O pior, é que é esse, o do anterior governo, e de muitos outros poderes bem mais poderosos e influentes.
    Existem até alguns..., ligados a coisas muito piores, como a pedofilia . e andam por aí dando a cara e dando ares de gente muito séria, dando "palpites" na A R...!

    Um abraço

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar
  3. Os paneleiros, sao uma aberracao da natureza. Excepto se faz parte da coligacao... 😊

    ResponderEliminar