20/08/2015

António Costa e o desemprego





AFINAL, PARA QUE É QUE ELES SERVEM...!!??


Acontecem situações nesta dita democracia, que embora  já não me surpreendam  me deixam cada vez mais desiludida com a classe política. 
Tem o país, o alto desemprego que tem; falam em várias formas de o fazer baixar e dizem os "entendidos", ter várias ideias para o fazer baixar, só que andam há anos o apregoando e assobiando pró lado ao mesmo tempo.
Depois, ouvimos os ditos cujos dizer coisas como esta, que a boquinha sagrada de António  Costa deixou sair cá para fora sobre os imigrantes:
"Nós precisamos de imigrantes, não só porque a natalidade baixou e os idosos aumentaram, mas também..., porque quando vou ao Oeste, ou a outros locais do país, e me dizem ter falta de gente para trabalhar". 
Por isso, segundo António Costa, os emigrantes são bem vindos e necessários"
Mas então..., se há desemprego, e se há quem se queixe de que não arranjam pessoas para trabalhar..., algo vai muito mal gerido...!!
Ainda um destes dias, em Miranda do Douro, dizia o dono de um restaurante, que precisava de pessoal, e até nos questionava se conhecíamos alguém.
Muitas vezes ( e ainda a semana passada, perto da minha casa. pediam uma balconista...), se vê nas vitrinas, pedidos de pessoal.
Será..., que para qualquer destes cargos é preciso ser doutorado!!??
Será..., que quem precisa  de empregados. não é obrigado a dar conta dessa necessidade ao centro de emprego para ser encaminhado e poder ser solucionado? Se não é..., devia!
E se é..., onde está a fiscalização!!??
E quando o centro de emprego chama as pessoas para lhes apresentar uma oportunidade, elas podem recusar. preferindo continuar sem trabalhar e a receberem o subsídio!!?'
Mas, claro...,. tudo isto dá muito trabalho e necessita ter um país bem gerido, coisa que por cá, está longe de o ser.
Até porque, é muito mais fácil prometer que vão criar 150 mil postos de trabalho ( como Sócrates prometeu), nem que depois, o que deixem, sejam mais uns milhares  de desempregados...!
Mas, agora sim...! Agora António Costa promete criar  (não se emendam...)  270 mil postos  de trabalho.
E há quem acredite ? Há, e eu sou uma delas.
Pois se for dar "emprego" aos amigos do costume, esses postos de trabalho nem são suficientes!
Hercília Oliveira 
Como costuma dizer o Joaquim Jorge: " A democracia fica muito cara".
Pois fica..., e se nem para gerirem bem, um dos mais importantes problemas do país, que é o desemprego, são capazes..., então, para que é que eles servem!!?? Pelo contrário, ainda agudizam o problema!
Eu sei..., e muitos portugueses ao fim de tantos anos, também sabem.


Sem comentários:

Enviar um comentário