04/07/2015

Jantar do Clube dos Pensadores




O Clube dos Pensadores é incómodo. Analisa de forma minuciosa, sonda, descobre, examina quem está no poder.

O Clube chateia e exige, a propósito, que expliquem e dêem respostas . Muito boa gente teme que se pergunte e questione. Aquilo a que designamos escrutínio que não tem que ver com contagem de votos. Mas com prestação de contas e querer saber o porquê.
Mas em Portugal há uma cultura do medo, de vergar perante quem ocupa um cargo politico. Todavia o lema do Clube é não se vergar por nenhum poder o que não quer dizer que não o respeite.
Evidentemente que quem está no poder torce o nariz,fogem às questões , ficam coléricos com posições diferentes e baseadas em factos. 
Povo mole, medroso, faz de conta , de encolher os ombros, monótono e deixar para lá.
O Clube continuará a ser uma espécie de contra-poder pela positiva procurando que as coisas nas mais variadas áreas melhorem.
Sem critica é inconcebível a democracia. Sem critica a própria sociedade civil - ou os restos que dela subsistem- corrompe-se, avilta-se.
Deste modo este tipo de jantares são sempre importantes, quanto mais não seja para pôr as pessoas a pensar...

JJ

Sem comentários:

Enviar um comentário