18/07/2015

Dia Internacional Nelson Mandela




Neste dia 18 de Julho celebra-se o Dia Internacional Nelson Mandela, efeméride instituída pela ONU. Madiba, Nobel da Paz que hoje completaria o 96.º aniversário, é eternamente homenageado, por decisão das Nações Unidas. Com um doodle, a Google transporta para a actualidade internacional alguns dos pensamentos eternos de Nelson Mandela, histórico líder de África do Sul.
Deixo aqui um texto que escrevi no meu novo livro Pedagogia Cívica sobre essa figura ímpar que foi Nelson Mandela 

Nelson Mandela, um unificador, uma consciência moral, uma presença

Nelson Mandela morreu e não sei que diga. Para mim, nunca vai morrer. É imortal, ficará na memória, tendo sido uma espécie de Presidente do Mundo, pelo seu exemplo e postura na vida. Um farol de princípios e de valores. Com ele, raramente se falava de dinheiro, mas em dar tempo aos outros. O seu legado é soberbo, um unificador, uma consciência moral, no fundo, uma presença. Nelson Mandela dedicou 67 anos ao activismo político, primeiro, na clandestinidade, depois na prisão e, por fim, na Presidência da África do Sul.
Nelson Mandela esteve preso 27 anos nas cadeias de Robben Island, Polismoor e Victor Versteer, de onde foi libertado a 11 de Fevereiro de 1990.
Nelson Mandela é alguém que reconforta e dá sentido a muitas atitudes e comportamentos, sendo para mim uma das referências através das quais procuro pautar a minha vida.
Já disse tudo o que penso em vários textos escritos dedicando-lhe num dos meus livros a capa com a sua foto. Nunca me canso de o enaltecer e elogiar. Agradeço-lhe a sua forma de ser e estar, que dá luz e sentido à minha vida, às minhas atitudes e comportamentos. Vou citar duas frases que escrevi sobre esta grande personalidade: “Para mim, é o homem mais importante do planeta, uma grande, inigualável e paradigmática figura
contemporânea, que conseguiu conquistar quer a população negra, quer a população branca…” E, por fim: “É um sedutor, alguém que inspira a paz e saiu do poder pelo seu próprio pé, demonstrando um desapego ao poder raro a mordomias. Não precisa de cargos, porque é superior a estes…” 

Nelson Mandela é um ícone, a minha inspiração, nesta vida sem valores, onde só se vê o lucro e o dinheiro acima de tudo. Aprendi que o poder não é tudo, que se deve saber perdoar e o mais importante: saber sair do poder pelo nosso próprio pé e não empurrado. Devemos na vida política e pessoal ser simples, sem protocolos e salamaleques. Todos somos importantes, cada um, à sua maneira. Devemos esbater as nossas diferenças sem rancor e ressentimento. Foi um exemplo vivo dos principais valores da humanidade que perdoou os seus inimigos para fazer do Mundo um “lugar melhor”.
Parafraseando Nelson Mandela, não há nada mais importante que dar. Um exemplo de desprendimento e um exemplo com o seu exemplo. É muito superior a qualquer político dos nossos dias. Sempre com um sorriso e boa disposição, foi único com uma postura única, foi uma lenda viva e será um ícone para o futuro. É uma pessoa de que gosto tanto, nunca o conheci e falei com ele, e tanto me tem influenciado na minha vida. Obrigado,
Nelson Mandela, por teres sido assim. Deixo aqui um dos muitos pensamentos de Nelson Mandela: “ser pela liberdade não é apenas tirar as correntes de alguém, mas viver de forma que respeite e melhore a liberdade dos outros.”

JJ

3 comentários:

  1. Caro JJ,

    Felicito-te duplamente. Por teres escrito e por te lembrares desta Figura Humana sem par.
    Abraço
    Mário Russo

    ResponderEliminar
  2. Obrigado. Também tive o cuidado de colocar um texto teu : )

    ResponderEliminar
  3. Se mais Homens, como este Grande Senhor, o mundo tivesse..., que diferente seria o Mundo!!

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar