30/03/2015

Clube dos Pensadores( CdP) finalmente recebe António Costa


HOJE


Joaquim Jorge depois de uma primeira tentativa gorada, António Costa ainda não era líder do PS, conseguiu finalmente assegurar a vinda de António Costa ao Clube dos Pensadores.

A sua presença está confirmada para o dia 30 de Março, segunda-feira, pelas 21h30 no Hotel Holiday Inn. Este será o 90.º debate. Deste modo, excepcionalmente, o Clube faz novo debate, neste mês de Março, para receber António Costa, pois recentemente festejou o seu 9.ºaniversário com Miguel Cadilhe.

Estará presente Orlando Gaspar, socialista histórico.

Joaquim Jorge ao agradecer por SMS, a sua presença, e de ter tomado a iniciativa do contacto para agendamento. António Costa respondeu também por SMS : «um dia havia de ser... Eu é que agradeço o convite e a persistência».

A persistência de Joaquim Jorge tem que ver com o interesse público e cívico, de ouvir António Costa num fórum de debate da sociedade civil e não num local organizado pelo partido. Um candidato a Primeiro-Ministro para chegar a chefe do Governo: primeiro tem que ser líder de um partido (o que aconteceu ao vencer António José Seguro e tornar-se secretário-geral do PS); segundo, o mais importante, tem de conquistar a confiança dos cidadãos, para votarem nele.

Será uma oportunidade de o fazer, explanar algumas das suas ideias, dissipar dúvidas e explicar algumas das suas propostas para um futuro programa de Governo, para as eleições legislativas de Setembro. Pode ser um bom presságio a vinda de António Costa. Em 2011, Pedro Passos Coelho, líder do PSD na oposição, uns meses antes de ser Primeiro-Ministro, esteve no CdP e fez várias propostas para um futuro programa de Governo, infelizmente muitas delas não cumpriu.

António Costa tem proposto algumas medidas: reposição na íntegra dos salários da função pública ; retomar o programa Simplex ; rever o mapa judiciário; entregar mais competências às autarquias; valorizar o interior; apostar nas energias renováveis; repor o IVA na restauração nos 13% ; repor cláusula de salvaguarda do IMI ; entre outras.

Os portugueses já não passam cheques em branco. Querem conhecer as propostas dos diversos partidos especialmente do maior partido da oposição (PS) . O problema é as promessas, e depois, o seu cumprimento. É preciso saber, se o que se propõe é exequível.

António Costa tem gerido com mestria o “dossier José Sócrates”, mas desde que foi eleito tem perdido élan e o entusiasmo à sua volta esmoreceu. Em recentes sondagens o PS não descola do PSD, apesar, da polémica com as dívidas fiscais de Pedro Passos Coelho e a confirmação da existência da lista VIP de contribuintes, lhe ter dado um novo impulso.

O CdP, este ano de 2015 já recebeu o cientista Sobrinho Simões e Rui Rio que ainda não decidiu o seu futuro político, amigo pessoal de António Costa.

CdP

10 comentários:

  1. Força, Joaquim Jorge. Força Clube dos Pensadores. Cada dia que passa é mais URGENTE sabermos as vontades patrióticas com que podemos contar. A PÁTRIA, a noção de Pátria, não é um chavão. Está provado à saciedade que não é. Mesmo numa pseudo UE, que devia ser a Pátria das Pátrias e não o está a ser!... Não ao medo com que nos querem tolher!...

    ResponderEliminar
  2. Partilhei no meu Facebook e no Blogue
    http://dispersamente.blogspot.pt/2015/03/joaquim-jorge-depois-de-uma-primeira.html

    ResponderEliminar
  3. Obrigado. Todas as ajudas na divulgação são importantes... o António sempre ajudou nessa área

    ResponderEliminar
  4. Será com toda a certeza, mais um bom debate!
    Não por o que o convidado possa dizer, (é a minha opinião...), mas sim, e sobretudo, pelas questões postas pelo JJ, e pelos cidadãos que estarão presentes.

    Hercília Oliveira

    ResponderEliminar
  5. Olá JJ.
    Parabéns por mais esta tirada. É a propósito a vinda de António Costa. Poderá acontecer o que antes também aconteceu. Quem está na oposição e vem ao CdP, ganha as eleições, seja nos partidos, seja na Nação.

    Antevejo muitas revelações que vão encher manchetes.

    Abraço
    Mário Russo

    ResponderEliminar
  6. Um momento importante para o Clube dos Pensadores. Mas importantissimo para o Pais, considerando que este pode vir a ser o proximo primeiro ministro e se vai expor a um debate direto, isento e contrutivo, que e' unico em Portugal.
    Parabens e desjo-te uma boa formulacao de perguntas para o debate.

    ResponderEliminar
  7. Na estarei presente pois estarei fora do Porto. Um excelente debate que acompanharei pelo blogue.

    ResponderEliminar
  8. Infelizmente hoje não poderei estar presente no debate do CLUBE DOS PENSADORES (estarei fora do Porto). Mas ficam aqui 2 perguntinhas que gostaria que colocassem a António Costa:
    1- Como encara ele o dia aziago para os socialistas (nacionais e europeus) com as derrotas humilhantes na Madeira (onde a coligação Mudança liderada pelo PS só conseguiu 11%, atrás do PSD e CDS) e uma derrota em toda a linha em França , onde a Direita de Nicolas Sarcozy tem uma vitória estrondosa sobre a extrema direita de Marianne Le Pen e o PS de François Hollande?
    2- Continua confiante numa vitória do PS nas legislativas de 2015? Que fará de diferente relativamente às imposições do pacote de ajuda da Troika , conhecida por Memorandum, que o próprio PS assinou?

    ResponderEliminar
  9. A PROPÓSITO DO DEBATE COM ANTÓNIO COSTA
    António Costa é o último a estar no CdP. Muitas individualidades , da Esquerda à Direita, da Política à cultura e ao Sindicalismo, passando pelas artes, desporto e música. Foram horas e horas de debates, fazendo do CLUBE DOS PENSADORES um espaço incontornável do debate, da discussão e da notícia. Hoje, um crivo de passagem da maioria dos políticos deste País, antes e depois de eleições e um espaço indispensável de pensamento livre e participação cívica ativa. O facto de ser criticado por alguns e elogiado por muitos é indicador que a todos o CdP não passa impune nem é indiferente. E graças ao pundonor, à persistência, à resiliência do seu fundador Joaquim Jorge foi possível tornar este espaço, um palco de importância singular para o País na discussão e no debate político.

    ResponderEliminar
  10. Obrigado por fazeres parte desta legião de pensamento activo

    ResponderEliminar