18/03/2015

Aniversário





Dias dos Santos
Boa noite,

Ao escrever-lhe, estou a manifestar o meu contentamento pelos momentos passados nos mais diversos debates a que tive o prazer de assistir.Não é fácil o que faz. Talvez nem sempre compreendido pelas atitudes que toma, mas FAZ.
Gostei e concordo em absoluto com o seu artigo. Eu também estou farto de estar farto.
Mas, hoje e agora, estou só a dar-lhes os parabéns e pedir-lhe que continue.
Que continue assim tal como é. É que o Joaquim Jorge tem algumas particularidades que o diferenciam dos demais. 
Não é fácil, nada fácil, estar sentado no sofá verde. As pessoas nem imaginam quanto difícil é.
Acresce que tem uma particularidade, entre outras,consegue brincar com o "cliente" no momento da entrevista. Isto que faz, nem toda a gente o consegue fazer, mesmo os mais famosos jornalistas. Chama-se a isto ter uma especial perspicácia um certo dom.
Naturalmente, mais adjectivos teria para lhe dizer acerca do seu trabalho, mas também não pretendo que fique muito vaidoso.
Acrescento que a escolha do dia para iniciar tão importante projecto, não poderia ser a melhor. Nesse dia, este seu seguidor fazia cinquenta e cinco anos. Parabéns.

Um grande abraço,
Dias dos Santos 

Sem comentários:

Enviar um comentário