18/09/2014

O MEU PARTIDO




Hercília Oliveira 
A sociedade começa dando sinais de que está saindo da apatia e mansidão que a tem caracterizado.
Começam aparecendo alguns novos partidos e movimentos que mostram bem o descrédito e afastamento que sentem por esta trupe que se apossou deste país, como só a eles lhes pertença.
Criaram leis, e obstáculos suficientes para que aos comuns cidadãos seja muito difícil ocupar o lugar deles.
E na verdade, têm conseguido manter esse objectivo. Os partidos que têm estado no poder, alternadamente (PSD/ PS e CDS), estão há 40 anos, e o resultado todos temos sentindo os efeitos: DESASTROSOS!
Se apoderaram deste país para se servirem, e servir aos que contribuem para que se tenham mantido activos todos estes anos.
Mas algo está mudando, e já ontem era tarde!
Cidadãos independentes têm destronado alguns que se achavam Reis e senhores idolatrados.
Há movimentos mostrando descontentamento.
E agora, é o José Cid que anuncia que vai criar um partido para os cidadãos que não se revejam nos existentes.
Não sei o êxito destes novos movimentos e partidos, pois não é fácil toda esta mudança do tal "sistema", mas que é bom que surjam, isso é!
É bom que esta trupe sinta que já não têm a força que tinham e muito menos credibilidade.
Mas, o partido que eu quero, mesmo..., é um partido ou movimento de antipatizantes dos partidos do sistema, para que eles saibam o quanto os detestamos e queremos ver bem longe!
Não há um partido que está mendigando simpatizantes!? Pois eu quero um de antipatizantes; só esse terá o meu voto.
Fico esperando!

2 comentários:

  1. Cara Hercília,

    É verdade. A qualidade dos políticos é má. No entanto, é proporcional á qualidade da sociedade.

    O problema é mundial. A Europa não tem líderes e era a Europa o farol. Hoje é governada por aventureiros desqualificados porque a sociedade de que emanam está podre.

    O poder económico sufocou o poder político que se encontra de cócoras a servi-lo.

    Veja-se o exemplo recente em Portugal com o caso BES, em que até Mário Soares veio a terreiro defender Ricardo Salgado... um santo, pese embora o meu espanto de como ele foi capaz de ações que em nada deslustram a de gangsters. Al Capone deveria ficar com vergonha de ser um escuteirinho.

    Que venha essa inquietação da sociedade. Mas estou mesmo a ver essa sociedade que critica, ser a primeira a dar paulada em quem se atreve a constituir novos partidos, com tiradas do género "olha este que quer é tacho..."

    Por isso, temos o que merecemos.

    Abraço
    Mário Russo

    ResponderEliminar
  2. Caro Mário Russo

    Estou completamente de acordo, com tudo que aqui diz.
    Então o último parágrafo, espelha bem o que é a nossa sociedade. Talvez com alguma razão até; são muitos anos de desencanto e desilusões!
    Depois, temos uma comunicação social, que por viver e ser sustentada pelos partidos do poder, arrasa qualquer cidadão que queira tratar do país como ele precisa e merece.
    Por tudo isto..., é que por vezes sinto vontade de me alhear de tudo que se passa a nível político.
    Políticos falando, entrevistas aos profissionais da mentira, e telejornais com notícias sobre esta trupe..., só por castigo!

    Um abraço e até ao debate.

    ResponderEliminar