27/08/2014

C.I.V.A. (Centro de Investigação da Vida Alheia)




1- Uma foto em que juntasse Guilherme Pinto e António Parada há uns meses atrás seria impensável. Além de estarem zangados e dizerem cobras e lagartos um do outro, pelas recentes eleições autárquicas.

2- Todavia António Parada que teve o apoio de António José Seguro, constante e assíduo - veio a Matosinhos imensas vezes -, mas não adiantou nada, perdeu inapelavelmente.
3 - Vai daí, António Parada virou-se para António Costa, pois é militante do partido. Quem vê de fora, mostra ingratidão e falta de solidariedade. Todavia pode estar já a pensar nas próximas eleições autárquicas de 2017.
4 - Guilherme Pinto que foi despedido do PS, concorrendo por fora e tendo uma vitória estrondosa, ajuda António Costa como simpatizante.
5 - Na política já estamos habituados a que tudo seja possível. É possível ver um porco a andar de bicicleta.
6 - Seria de evitar uma foto destas conjunta por respeito pelos seus apoiantes, quer de Guilherme Pinto, quer de António Parada. E, o mais importante pelo respeito pelo que disseram um do outro.
7- O que deveriam ter feito era tirar uma foto com António Costa mas em separado. Cada qual apoia quem quiser, ninguém tem nada que ver com isso, mas um mínimo de decoro, respeito pelos seus apoiantes e respeito por si próprios. António Parada é militante do PS e apoia António Costa. Guilherme Pinto saiu do PS pelo seu pé, é simpatizante de António Costa.
8-. Alheado desta luta interna no PS, Narciso Miranda esteve no Algarve, em pleno gozo de férias e encontrou-se com Orlando Gaspar. Será que o PS se vai virar para quem lhe deu tantas vitórias num passado recente? Narciso em Matosinhos e Orlando Gaspar no Porto?
9- Narciso Miranda com Orlando Gaspar e Orlando Gaspar Jr., teima em existir e ser influente. E com a sua perspicácia sabe que Orlando Gaspar é uma raposa velha e sabedor com que linhas se cosem o PS. A ele se deve a última vitória socialista no Porto com Fernando Gomes.

10- Narciso Miranda depois de tudo que se passou, o mais natural seria poder voltar ao seu partido de sempre (PS), a quem  deu imensas vitórias e momentos inolvidáveis. Narciso foi, é, pode ser, uma mais-valia do PS tendo em conta o seu know-how num partido que em Matosinhos não tem um fio de rumo e uma linha de acção, andando ao sabor da conjectura, de derrota em derrota. Apetece dizer, «volta Narciso Miranda que estás perdoado». Segundo Winston Churchill : «A política é quase tão excitante como a guerra e não menos perigosa. Na guerra a pessoa só pode ser morta uma vez, mas na política diversas vezes.»
11- Depois queixam-se que ninguém quer ter que ver com a política e são um bando de interesseiros, oportunistas e mentirosos. Na verdade esta foto de António Costa ilustra o que há de pior na política. Talvez uma explicação para o sucedido.
12- Em política não pode valer tudo. A falta de valores éticos e morais, honrar a palavra e o compromisso, e o que se disse. É uma vergonha que nos deveria envergonhar a todos nós.
13 - Também há quem diga que António Parada desgostoso com a atitude de José Luís Carneiro de se afastar depois da derrota em Matosinhos. António Parada quis-lhe mostrar que existe e pode ser alguém no PS. A solidariedade deve existir nas vitórias mas também nas derrotas.
14- José Luís Carneiro quando ainda não era presidente da distrital do PS Porto, tudo fazia para aparecer e ter protagonismo. Lembro-me de um militante socialista de Gaia, António Osório, por quem tenho estima e consideração me solicitar a presença de José Luís Carneiro no Clube dos Pensadores, num debate com Marques Mendes e lá arranjei um espaço para intervir, apesar de não ser o convidado de honra.
15- No dia do debate todo sorrisos mas depois desapareceu. Compreendo, foi eleito presidente da distrital do PS. O poder tem destas coisas… Mas com toda a certeza ele vai sair desse cargo e eu fico no meu sítio que é fazer cidadania. Realmente a política é um nojo e dá-me asco.
16 - Estou com Confúcio:"Exige muito de ti e espera pouco dos outros. Assim, evitarás muitos aborrecimentos."
17- Por fim, de novo, Confúcio não deixa de ter toda a razão para percebermos os políticos:"Aja antes de falar e, portanto, fale de acordo com os seus actos." Não é isso que acontece mas exactamente o contrário, os políticos dizem uma coisa e fazem outra.

JJ

*artigo de opinião publicado no jornal Audiência 

1 comentário:

  1. Politico foi,é, e será sempre pessoa pouco recomendável e se ainda por cima tiver poder,tenham cuidado,mto cuidado!
    Sabem pq é que cobra não morde politico?
    Por cortesia profissional !!

    ResponderEliminar