15/07/2014

MESSI, o protegido



Joseph Blatter é perito em tentar agradar a todos e não agrada a ninguém. Dizer-se que este Mundial foi muito bem organizado , em que caiu um viaduto , nem sempre havia internet, hinos acabarem antes do tempo, invasão de salas de imprensa por adeptos,os relvados com aspecto deplorável ( alguns pareciam um campo agrícola), etc.

 Tudo fez para o Brasil chegar à final, para agradar a Dilma Rousseff que tem o problema, em aberto da sua reeleição, com medo dos tumultos e dos brasileiros que preferem hospitais, escolas e infra-estruturas do que campos de futebol. O primeiro jogo foi sintomático do que iria acontecer ao longo do torneio e quem pagou logo de entrada foi a Croácia com um penalty fantasma sobre Fred.

Joseph Blatter tem muita influência no futebol e é um poder dentro do próprio poder. Começa logo que os governos não têm influência nas suas decisões .O futebol é um mundo à parte e rege-se por normas não muito recomendáveis desde gastos astronómicos, lucros galácticos e exemplos deploráveis.

Joseph Blatter gozou com Cristiano Ronaldo há tempos durante uma conferência na Oxford Union Society, em Inglaterra e elogiou Lionel Messi defendendo que o argentino devia ganhar a Bola de Ouro. Afirmou que Ronaldo "gasta mais dinheiro com o cabeleireiro" e que “parecida um comandante”. Retorquiu que, "Messi é um bom jogador. Qualquer família gostaria de o ter como filho. É bom rapaz e nada exuberante. Joga muito bem, como se estivesse a dançar".

Esta cena que foi muito criticada por todos, levou a prorrogar o prazo de votação e deu uma nova Bola de Ouro a Cristiano Ronaldo . Escreveu-se direito por linhas tortas.

Agora venceu Messi a Bola de Ouro no Mundial mas não o mereceu. Pouco fez e é lamentável receber um prémio destes que deveria ser entregue a Robben que foi sempre um jogador determinante na Holanda. O melhor jogador deste Mundial. Que o diga a Espanha e por aí adiante. Ainda sábado pôs a cabeça em água aos defesas brasileiros. Somente no jogo com a Argentina (para sorte dos argentinos) não esteve tão inspirado. Robben merecia a Bola de Ouro.

Uma decisão estranha e a parecer compensatória por Cristiano Ronaldo ter vencido Bola de Ouro do melhor jogador mundial. Messi é um protegido, beneficiado e ajudado.

Não há duas sem três. Vamos ver quem vencerá a Bola de Ouro deste ano? Cristiano Ronaldo que fez uma época espectacular, vencendo a Liga dos Campeões ou Leo Messi que pouco fez, este ano, no Barcelona e na Argentina?

Não ouvi ou li alguém dizer que Messi foi o melhor jogador do campeonato do Mundo. Nem Blatter, no seu estilo "stop and go e stop and back", alegou ter ficado surpreendido. Maradona acha que Messi ganhou algo que não mereceu e este prémio é injusto.

Talvez os argentinos  digam ou pensem que Messi foi o melhor e os portugueses anti-Ronaldo .  Lamento e acho espúrio , levar-se uma “pulga” ao colo .É uma chatice Ronaldo ser bonito, alto e magro, ao contrário de Messi, feio, baixo e atarracado.

JJ

Sem comentários:

Enviar um comentário