18/02/2013

Clube dos Pensadores recebe Miguel Relvas

HOJE

Joaquim Jorge , fundador do Clube dos Pensadores ( CdP) convidou Miguel Relvas para estar presente no dia 18 de Fevereiro, segunda-feira pelas 21h30 no Hotel Holiday Inn em Gaia. O tema : Momento Político.

Miguel Relvas, Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares foi o grande estratega da ascensão de Pedro Passos Coelho a líder do PSD e mais tarde a Primeiro-Ministro do XIX Governo Constitucional de Portugal.

Apesar do problema com a sua licenciatura e de alguns dossiers controversos como a TAP ( adiada a privatização), RTP ( optou pela reestruturação),conseguiu impor a reforma Administrativa Local

É o Ministro mais político deste governo , zelando pelo bom relacionamento entre o PSD e CDS/PP na coligação governamental e fazendo a articulação do governo com o Parlamento. Tem sido uma mais-valia no diálogo e na manutenção da coligação PSD/PP.

O início de ano está a correr de feição ao Governo em que há uma descida significativa das taxas de juro e um regresso aos mercados antes de Setembro de 2013.
O défice do Estado em 2012 ficou nos 5% ( 8328,8 milhões de euros, abaixo ao limite de 9028 milhões), fixado no programa de ajustamento económico e financeiro.Por outro lado há a possibilidade do aumento de prazos dos empréstimos a Portugal.
Porém , a crise que assola o país com uma austeridade que teima em manter-se , o aumento do desemprego e a dificuldade da retoma de crescimento . O relacionamento com a oposição, pela recusa de todos os partidos : PS, PCP e BE de integrar a comissão sobre a reforma do Estado ( corte de 4000 mil milhões de euros) . As consequências que terá para os funcionários públicos esta reforma . O clima social em 2013 está muito degradado chegando ao ponto de muitas vozes pedirem eleições antecipadas e haver múltiplas convocatórias de variadas manifestações

O CdP já recebeu ao longo dos anos figuras de vários quadrantes políticos e sociais : Ministra da Justiça Paula Teixeira da Cruz , Procuradora-Geral Adjunta Cândida Almeida , o Primeiro-Ministro Pedro Passos Coelho, Pedro Santana Lopes ex- Primeiro- Ministro , o Ministro de Estado e Negócios Estrangeiros Paulo Portas , o líder do PCP Jerónimo de Sousa , o líder do PS António José Seguro , o charmain da Jerónimo Martins Alexandre Soares dos Santos , Manuel Alegre histórico do PS , o sindicalista Carvalho da Silva , entre outros.

Clube dos Pensadores

28 comentários:

  1. Mais uma prova de coragem democrática do JJ. Homem sem medo, nem preconceitos, dá-nos todos os dias lições de tolerância e compreensão inexcedíveis.Sigamos Homens desta estirpe e a Humanidade será mais fraterna e solidária. Francisco Azevedo Brandão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me pareceu que houvesse democracia, nem tolerância e tão pouco compreensão, quando aos berros mandou calar uma mulher! A argumentação de que estavam num espaço privado também não foi democrática, pois estava a decorrer nele um acontecimento público e se não fosse assim os manifestantes nunca teriam entrado e cantado a Grândola Vila Morena! Toda esta confusão serviu no entanto para tornar esta blog famoso, embora por maus motivos! Bem, imagino que à semelhança dos outros comentários aqui apagados, o meu também o seja! Mário Fonseca deseja-vos bons pensamentos!

      Eliminar
    2. Os berros a mandar calar alguém foram uma inequívoca demonstração de democracia, "tolerância e compreensão"!! Sem dúvida alguma!!!

      Eliminar
    3. Não conhecia o Clube dos Pensadores. Agora depois das notícias fiquei a conhecer, pela negativa, ao ver a atitude do sr. Joaquim Jorge. Tolerância e e compreensão? Não me parece, mas enfim. "Diz-me com quem andas, dir-te-hei quem és"...

      Eliminar
  2. Boa !
    Continuas a demonstrar que tens coragem e não tens medo, porque ... "dos fracos não reza a história" !
    Um abraço
    Maria Nair

    ResponderEliminar
  3. Joaquim Jorge07/02/13, 16:27

    Obrigado distinto professor aposentado , mas uma referência para mim.

    Nair eu nunca tive medo nem nunca me vou calar . Acho importante para as pessoas , diria mais, para o país , MR falar no Clube de forma aberta sem restrinções.

    Admiro-o ele vir ao debate . Mostra respeito pelas pessoas e pelo que eu faço

    Sei que és de esquerda mas não és quadrada .

    O Clube este ano já teve mais gente de esquerda do que direita , mas eu não contabilizo isso , procuro ouvir as pessoas no momento certo.

    Tivemos o sindicalista da Fenprof e os professores não apareceram... etc.

    Abraço

    JJ

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  7. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  8. Miguel Relvas é uma figura controversa, com um percurso controverso, com uma ascensão política controversa, envolvido em muitos negócios obscuros, membro de uma das lojas maçónicas mais poderosas da maçonaria portuguesa (GOL)a que pertence o próprio grão-mestre Fernando Lima, presidente da SLN agora rebatizada de Galilei,é um experiente e hábil traficante de influências. Todas as funções públicas que tem desempenhado não derivam das suas competências técnicas e experiência de gestão. São resultado do mais puro carreirismo e manobrismo político.
    A quem couber a tarefa de moderar o debate e aos assistentes, conviria conhecer algumas peças que ilustram a sua estatura como político.
    Permito-me, por isso, sugerir que visitem o blogue tomarense :
    http://tomarcontraosafilhados.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  10. A minha opinião sobre este "aventalado" está basto consolidada, mas não acho que deva perder a oportunidade para o ouvir fora de um registo que domina.
    Penso que é precisamente em sede de iniciativas como esta do Clube que podemos vislumbrar para além da máscara que determinados seres afivelam e da aura que a comunicação social lhes confere.
    Por facultar a oportunidade, mais uma vez está de parabéns o Clube e específicamente o JJ.
    Não obstante, custa-me ler determinado tipo de comentários de tom jocoso, a raiar o parvo, que em permanência aparecem debitados no blog, mormente aquando da oportunidade destes debates, e que nada acrescentam de intelectualmente válido. É que toda a argumentação tem que ter um fim útil e não me parece que a expendida pressuponha algo mais aborrecer quem é visado e quem lê. Será dimanada de um ou mais casos de non compos mentis...

    O caixa d'óculos

    ResponderEliminar
  11. Obrigado pela compre são. Por vezes e preciso mostrar que este caminho tem muito espinhos e incompreensão sempre de quem nada fez ou faz. A maioria dos jornais deixou de ter blogues e condiciona os comentários. Divergir e uma coisa,insultar e outra

    ResponderEliminar
  12. CARO jj
    Parabens pela vinda deste convidado de hoje.As figuras publicas Portuguesas, continuam a querer este ultimo teste, ccmo um avaliador das suas capacidades/popularidade.
    Se ainda tiveres tempo de me ler, gostaria que pusesses as seguintes perguntas a Miguel Relvas:
    1-MR anunciou recentemente o incentivo para os jovens voltarem a desenvolver a agricultura em Portugal.
    Pela experiencia do passado, como espera controlar a atribuicao dos fundos, de maneira a eles serem empregues devidamente e evitar usurpacao/roubo dos mesmos?
    2-Portugal vive muito das aparencias. Isso ve-se na quase obrigacao de ter muitos graus academicos para se ser respeitado.
    Na alemanha, um membro do Governo demitiu-se porque fez plagio na sua tese de doutoramento.
    Pergunta- O que o faz ser diferente de um governante alemao?
    3- Depois de se saber que nao foi verdadeiro quanto as suas qualificacoes academicas, nao acha que deveria mostrar mais clareza quanto a' sua honestidade nas suas funcoes governativas?
    Pedro-Liverpool

    ResponderEliminar
  13. Tenho estado a dar o devido relevo à eminência deste debate, através dos meios que tenho ao meu alcance. Esta poderá ser uma boa oportunidade para se confrontar Miguel Relvas com os planos que o governo tem em mãos para enfrentar a grave crise que o país atravessa. E não se deve escusar a ser concreto.
    É que debates de circunstância já não nos dizem nada nem nos ajudam a encarar o futuro com vontade de vencer.
    Um político que aceita ser membro dum governo, particularmente nas atuais circunstâncias, tem que se assumir com clareza e competência.

    Pressinto que o Governo está a lançar-se numa campanha de propaganda muito intensa.
    O snr. ministro vem ao debate do Clube dos Pensadores com que motivação? É que a visibilidade deste debate está a ser nitidamente de grande dimensão nos media. Ou seja, a oportunidade de fazer propaganda é tentadora!
    Pede-se aos presentes que usem do contraditório de maneira a que possamos ouvir respostas a questões concretas e objetivas.

    ResponderEliminar
  14. Coloquei 3 perguntas ao ministro à 2 horas atrás mas elas não aparecem no site Liberopinion que anunciam aui..... será que fui riscado com o lápis azul?
    As perguntas que faria ao ministro Relvas se estivesse aí convosco no debate seriam
    (só para ver se havia solução aos problemas colocados pois MR conhece muita gente certamente alguns dos envolvidos nas questões que coloco):
    1.
    Gerard Departdieu em França foi obrigado a emigrar para fugir a impostos ao seu trabalho de artista a 75% ?
    Os artistas politicos por cá que ganham tanto como ele a desviar dinheiro que era do ESTADO seja por via de fraudes como o BPN, seja por esquemas vendendo ao próprio ESTADO algo que antes lhe pertencia por um valor 100x 1000x maior são taxados a 5% 7% (mais valias) depositadas em off-shores....
    O que acha destes procedimentos? Vai participar ou repor a legalidade no nosso país?
    2.
    o que pensa dos politicos que no nosso país recebem rendimentos (pensões) a dobrar?
    O que pensa dos Direitos com que os politicos se presentearam a eles própios ...as subvenções vitalicias.?
    Não acha que num estado sob assistência directa estrangeira deveria proibir estes desvios de recursos e canaliza-los situações/pessoas que necessitam realmente de ajuda? desempregados, ajuda médica a cidadãos necessitados, etc...
    3.
    O que pensa de milhares de pessoas estarem a ser obrigadas a sair do país para conseguir encontrar rendimentos, enquanto que os nossos politicos alguns recebem a dobrar (acumulam pensões) + ajudas de custo e outras mordomias? Que pensa da base salarial, numero e idade dos jovens assessores especialistas e regime de contratação (por despacho) sempre que há eleições pelas secretarias e ministérios do nosso país?

    ResponderEliminar
  15. João as perguntas não as coloquei porque não estava junyo do PC , tinha já ido para o hotel preparar o debate.

    Como temho um telemóvel com net actualizei em tempo real mas só agora cheguei a casa

    Obrigado e abraço com estima

    ResponderEliminar
  16. Está a tornar-se visível que os membros deste governo querem demonstrar que são capazes de afrontar a inteligência dos portugueses e que cá continuaremos, apáticos, a deixar que façam de nós gato-sapato.
    Miguel Relvas lançou-se numa aventura demasiado arriscada. Meter-se na boca do lobo, tentando dar lições de moral aos jovens e aos cidadãos em geral.
    Demonstrou que não tem arcaboiço, nem moral nem psicológico para desempenhar tal papel.

    ResponderEliminar
  17. Este Clube já é famoso há muito tempo , só quem é distraído ou mal intencionado

    Não aceito que se aproveitem deste formato único do Clube em que cada um pode perguntar o que muito bem entender sem censura ou algo combinado previamente.
    Liberdade implica responsabilidade .

    A falta de elevação , achincalhamento e indelicadeza imperou em alguams pessoas .

    Com isto não quero dizer que não haja contraditório e pontos de vista diferentes e perguntas difíceis.

    Ao fazerem isto estão a atacar, não o convidado, mas o Joaquim Jorge , o Clube e todo o trabalho que tenho feito em prol da cidadania e da participação cívica ao longo deste quase 7 anos.

    ResponderEliminar
  18. Desde já os meus parabéns pelo blog!! e apenas me questiono:
    Se é um clube de pensadores, porque convidar um usurpador, alguém que está mais que provado não ter carácter!
    Alguém que manipula...conspira...contra a democracia.
    Sinceramente não consigo perceber.
    A pessoa em causa nem o diploma que tem, foi consigo lealmente.:(
    Só consigo ter uma perspectiva ou visão para poder vos perceber (Clube de "pensadores")
    Vocês valorizaram todo o processo de engendração e reflexão que este individuo utilizou e utiliza para prevaricar e atentar contra a "democracia"?
    Boas Reflexões

    ResponderEliminar
  19. Caro Joaquim Jorge.

    O blog, ou o clube, como queira, já era conhecido de alguns meios mais esclarecidos e intelectuais, mas não era famoso na verdadeira acepção da palavra! A fama advém do reconhecimento do público e neste caso, a grande maioria dos portugueses, ou mesmo na blogosfera, não conhecia o clube, nem os seus objectivos e nada como um bom escândalo, ou polémica, para aumentar a notoriedade!

    Tem razão quando diz que sejam quais forem as circunstâncias, nada justifica a falta de educação, o insulto fácil e a indelicadeza! Mas também tem de compreender que o país vive uma conjuntura muito específica e as pessoas começam a ficar desesperadas e sem paciência, sem emprego, sem dinheiro, sem casa, sem perspectivas de futuro e as boas maneiras ficam esquecidas e em segundo plano.

    O senhor entendeu como anfitrião e que gosta obviamente de receber bem, que o seu convidado estava a ser enxovalhado (e foi efectivamente) e tentou promover a sua defesa. Mas a sessão era pública e o passado recente do ministro Miguel Relvas expunha-o obviamente a qualquer possibilidade de reacções exacerbadas. Reagiu frustrado por ver a sua sessão de debate, que muito trabalho lhe deve ter dado, reduzida a um linchamento verbal público, só que a sua reacção também foi algo exagerada, contribuindo para dar uma maior visibilidade ao ocorrido! Sei que por vezes os nervos toldam-nos a racionalidade e penso que foi o que aconteceu consigo!?...

    Não se esqueça que apesar da liberdade implicar responsabilidade e da mesma acabar onde começa a liberdade do outro, tentar tolher essa liberdade é em si uma atitude antidemocrática! Todos devem ter o direito e a liberdade de expressão, podem é sofrer mais tarde penalizações, sociais, ou previstas na lei, pelo abuso desse direito!

    Felicidades para o seu Clube dos Pensadores e para o seu blog.

    Cumprimentos. Mário Fonseca

    ResponderEliminar
  20. Grândola, vila morena
    Terra da fraternidade
    O povo é quem mais ordena
    Dentro de ti, ó cidade

    Dentro de ti, ó cidade
    O povo é quem mais ordena
    Terra da fraternidade
    Grândola, vila morena

    Em cada esquina um amigo
    Em cada rosto igualdade
    Grândola, vila morena
    Terra da fraternidade

    Terra da fraternidade
    Grândola, vila morena
    Em cada rosto igualdade
    O povo é quem mais ordena

    À sombra duma azinheira
    Que já não sabia a idade
    Jurei ter por companheira
    Grândola a tua vontade

    ResponderEliminar
  21. Mário Fonseca em relação à notoriedade quem fez a manifestção , indo a um local onde é habital estar a imprensa em que entrou livremente e à vontade também arranjarm mais adeptos para a sua causa: fazerem mais acções noutros locais, etc.

    Isso é muito relativo...Nos debates está sempre imprensa e passa as actividades .Ainda ´há pouco tempo esteve o Mário Nogueira.

    Repare que no domingo os manifestantes ficaram à porta onde o Ministro iria falar. Aqui entraram livremente e manifestaram-se...

    Podiam tê-lo feito de outra forma , passava na imprensa e depois deixavam que decorresse a sessão.

    Passa na imprensa flashs dos acontecimentos... JJ limitou-se a mandar calar uma senhora que estava a interromper o curso do debate.

    Muitos dos que se manifestaram ficaram na sessão e alguns deles intervieram .

    Deste modo não há mais tolerância e respeito pelos outros.

    O Clube e JJ não têm nada a provar...

    Um bom dia para si

    ResponderEliminar
  22. Nunca aqui escrevi, apesar de já ter ouvido falar no clube e por óptimas razões.
    Quanto ao problema de Miguel Relvas ter sido ou não enxovalhado, essa é uma visão subjectiva, pois a maioria do povo português, e repito, a maioria, tem sido e foi também enxovalhado por esse senhor que, desde o facilitismo de aquisição de título de licenciatura, aos insultos quotidianos nos media e na AR, tudo tem feito para ter apenas protagonismo e uma bela vida à custa de tantos sacrifícios alheios. Tem demasiados telhados de vidro, embora algo disfarçados, mas o suficiente para que o povo lhe tenha, na sua maioria, um ódio de estimação. Podem crer que as vaias a esse senhor e ao seu amigo do coração ( e de tramóias)irão continuar espontâneas e apartidárias. O que ele politicamente faz, qualquer indivíduo sem escrúpulos e meio cérebro é capaz de fazer, pois limita-se ao corte de direitos e à venda do nosso melhor património. Pessoalmente acho esse homem uma hiena asquerosa... gozando com os cadáveres.

    (anónimo, averso aos pidescos)

    ResponderEliminar
  23. Por várias razões não tenho nenhum prazer em me tornar membro deste ou de outro clube de pensadores tendenciosos, hipócritas, no entanto atrevo-me a deixar aqui um comentário porque constato que infelizmente e verdadeiramente "quel olha para fora sonha, quem olha para dentro desperta".

    Não querendo misturar as coisas, só tenho a dizer que considero o sr Miguel Relvas uma pessoa indigna, um político incompetente ( como todos os que conheço e que vivem, não posso falar dos que não conheço ), no entanto considero ainda mais indignas as pessoas que ali foram interromper, desvirtuando o objectivo a que esse senhor e os outros ali reunidos pretendiam, portanto, aqueles visitantes indignos e malvindos, malcriados, inquinados nas suas consciências pelas suas emoções doentias, a sua má educação, o seu ódio cego, fizeram o que nenhum cidadão bem educado, zeloso da justiça e da verdade, este cidadão exemplar nunca entraria por ali adentro naqueles termos, este cidadão faria de outra forma, a civilizada, mas estes voltaram aos tempos parecidos com a barbárie, são grãos de areia quando podiam estar a crescer com os olhos postos no topo da montanha da vida, todos os "Relvas" deste país também têm direitos, têm fraquezas, têm vitórias e derrotas, neste round o sr Miguel Relvas tem todo o meu apoio e compreensão, no seu lugar eu teria deixado que chamassem as autoridades para colocar aqueles energumenos ( e energumenas ) no seu lugar, identificando-os e repreendendo-os exemplarmente, porque assim não aprenderam nada.

    "Vivendo e aprendendo", não vejo muitos a cumprir com o ditado.

    ResponderEliminar
  24. Neste clube está quem quer sem compromisso absolutamnete nenhum , a não ser , um determinado de regras discutidas e aceites por todos.

    O Clube não é tendencioso e hipócrita . É sim , plural e frontal ...

    O lema está quem quer , quem não quer temos pena mas não falta quem venha

    ResponderEliminar